Conecte-se conosco

Amazonas

Parceria com startup local permite implementação de projeto de lojas autônomas de supermercado em Manaus

A startup Lutti, em parceria com o Pátio Gourmet, inauguram em breve a primeira loja totalmente autônoma da cidade.

Um novo conceito de varejo de vizinhança chega a Manaus. A startup Lutti, em parceria com o Pátio Gourmet, inauguram em breve a primeira loja totalmente autônoma da cidade. Nesse modelo de supermercado, o cliente é o protagonista da sua experiência de compra, ou seja, ele vai até a unidade, escolhe o produto e finaliza o pedido de maneira rápida, prática, tendo como aliado principal a tecnologia. Tudo de maneira individual e personalizada conforme a sua necessidade.

A loja funciona 24h, sete dias por semana e pode ser instalada em condomínios residenciais, fábricas, prédios comerciais, universidades, escolas, hospitais, oferecendo itens de primeira necessidade e outros produtos como bebidas, açougue, hortifruti e itens de padaria. Por ser um mercado compacto, a estrutura pode ser instalada em qualquer local.

A primeira loja Lutti by Pátio Gourmet será inaugurada no primeiro trimestre de 2021 em um condomínio da zona oeste de Manaus. A perspectiva é que ao longo do ano novas unidades sejam implementadas em diversos locais. No momento da adesão à loja, o interessado escolhe se o mercado será abastecido pelo Pátio Gourmet ou pelo Superatacado Nova Era, ambos do mesmo grupo.

O gerente geral do Pátio Gourmet, Miguel Aguiar ressalta que inovar levando serviços e produtos de qualidade para as pessoas faz parte do DNA da marca. “Estamos muito contentes de poder ampliar ainda mais a presença do Pátio, fazendo com que mais pessoas vivenciem a experiência de supermercadoterapia”, frisou.

Para Flávio Montenegro Filho, CEO da eMercado, empresa parceira na área de inovação do Pátio Gourmet, as lojas autônomas já são uma realidade em muitas cidades e Manaus só tem a ganhar com esse novo modelo, principalmente no que diz respeito à comodidade do cliente, que poderá fazer suas compras em qualquer horário, evitando congestionamentos, filas, entre outros entraves comuns. “O consumidor tem tudo que precisa na comodidade do próprio condomínio, por exemplo. Essa facilidade é o que todos buscam nos dias atuais em que é necessário gerenciar diversas atividades”, pontuou. Essa também é uma alternativa para evitar aglomerações como recomendam os órgãos de saúde nesse momento de pandemia.

De acordo com ele, o cliente terá à disposição um mix de produtos, assim como nas demais unidades do Pátio Gourmet. “São itens de marcas nacionais e importadas, com a qualidade que os consumidores já estão acostumados”, destacou.

A diretora de operações da Lutti, Larissa Queiroz, explica que a empresa nasceu em 2019 a partir de uma experiência do próprio CEO, Paulo Victor Holanda Nascimento, que tentou fazer uma compra durante a noite, mas não encontrou nenhum local aberto. “A partir disso, ele pensou em criar um modelo de negócio que atendesse, por exemplo, os condomínios”, disse.

Segundo Larissa, há uma demanda crescente por esse tipo de serviço, que foi impulsionada pela pandemia de coronavírus e a necessidade de evitar aglomerações. “Outros modelos de mercado autônomo já têm sido implantados em diversos estados do Brasil, contudo a grande maioria apenas instala uma gôndola e um freezer em um corredor e chama de mercado. Nós da Lutti acreditamos que é preciso fazer mais, é necessário levar a experiência completa de mercado, que vai desde o sortimento completo de produtos até a experiência de compra diferenciada e é justamente onde entra o conceito de mercadoterapia que já é praticado nas lojas da Pátio e que será estendido também para as lojas da Lutti.”.

Tecnologia como aliada – As lojas autônomas tem a tecnologia como um dos principais aliados. A primeira coisa é baixar o aplicativo Lutti na Play Store e App Store. Em seguida, é só preencher o cadastro com informações básicas e o cartão a ser utilizado para pagamento das compras. Para entrar na loja basta apontar o “Meu QR”, que aparece no aplicativo para o Qrcode presente na porta de entrada. O usuário pode escanear o código de barras dos produtos e finalizar a compra com o próprio celular. Outra opção é utilizar o totem de self-checkout para fazer o pagamento. Na saída também basta apontar o “Meu QR” para a porta da mesma forma como na entrada.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *