Conecte-se conosco

Mundo

Pedidos semanais de registro para auxílio-desemprego nos EUA ficam abaixo de 400 mil

Esse valor é o mais baixo desde meados de março de 2020, quando foram adotadas medidas como o fechamento obrigatório de negócios não essenciais para desacelerar a primeira onda de covid-19.

A queda nos números apontam o fortalecimento do mercado de trabalho nos Estados Unidos.(Foto:Reprodução/Internet)

O número de norte-americanos entrando com novos pedidos de auxílio-desemprego caiu para menos de 400 mil na semana passada pela primeira vez desde que a pandemia Covid-19 começou, há mais de um ano, apontando para um fortalecimento do mercado de trabalho nos Estados Unidos.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego totalizaram 385 mil em dado ajustado sazonalmente na semana encerrada em 29 de maio, contra 405 mil na semana anterior, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira,03/06.

Esse valor é o mais baixo desde meados de março de 2020, quando foram adotadas medidas como o fechamento obrigatório de negócios não essenciais para desacelerar a primeira onda de infecções por coronavírus. Economistas ouvidos pela Reuters previam 390 mil pedidos para a última semana.

Os registros caíram de um recorde de 6,149 milhões no início de abril de 2020, mas permanecem bem acima da faixa de 200 mil a 250 mil que é vista como consistente com condições saudáveis do mercado de trabalho.

As informaçãos são da IstoÉ Dinheiro.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2019-2021 - 18 Horas - Todos os direitos reservados.
Rede de Rádio Difusão Novidade Técnica LTDA
34.503.722/0001-80