Conecte-se conosco

Mundo

Para estimular economia, Itália dará 500 euros para famílias fazerem turismo interno

Crédito, válido para serviços de alojamento, como hotéis, será válido de 1º de julho a 31 de dezembro deste ano

O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, anunciou hoje (13) que o governo disponibilizará um bônus de até 500 euros para todas as famílias com renda anual menor que 40 mil euros para fazerem turismo dentro do país. A medida está prevista no decreto-lei (equivalente a uma medida provisória) aprovado pelo Conselho de Ministros para incentivar a retomada econômica do país, em meio à pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Os beneficiários poderão utilizar o crédito para o pagamento de serviços oferecidos a nível nacional por empresas de alojamento turístico, como hotéis, sendo utilizáveis de 1º de julho até 31 dezembro de 2020.

Além disso, estabelecimentos como bares e restaurantes estarão isentos do imposto municipal pela ocupação de terras públicas, informou o ministro da Economia, Roberto Gualtieri.

Segundo ele, serão alocados 2,4 bilhões de euros para ajudar as empresas do setor hoteleiro a enfrentarem “os custos de adaptação aos novos requisitos”. “Apoiamos famílias e empresas em um momento difícil, mas também lançamos as bases para o reinício e a recuperação”, concluiu Gualtieri.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

um × dois =