Conecte-se conosco

Mundo

Estados Unidos vivem oitavo dia seguido de protestos contra o racismo

Motivadas pela morte de George Floyd em abordagem policial, manifestações desta terça-feira são conduzidas de forma pacífica, em sua maioria

Os Estados Unidos vivem, nesta terça-feira (2), o oitavo dia de atos contra o racismo desencadeados pela morte do ex-segurança George Floyd, asfixiado em abordagem policial, no dia 25 de maio.

A maioria das manifestações de hoje está ocorrendo de forma pacífica. Outros países, como Austrália, França e Reino Unido, também registraram protestos anti-racistas.

George Floyd morreu depois que Derek Chauvin, um policial de Minneapolis, ajoelhou-se no pescoço dele por pelo menos sete minutos, enquanto estava deitado de bruços, imobilizado pela polícia, que o abordou por suspeita de passar cédulas falsas em um estabelecimento comercial.

O caso gerou comoção mundial e protestos têm sido realizados diariamente em vários estados norte-americanos, levando o presidente Donald Trump a cobrar que os governadores usassem medidas mais enérgicas contra os manifestantes.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 15 =

Need Help? Chat with us