Conecte-se conosco

Mundo

Boeing recomenda suspensão de alguns voos com 777 após motor explodir no ar

No fim de semana, um avião teve pane em um dos motores que incendiou em pleno voo. Ninguém ficou ferido

A pane foi na turbina localizada na asa direita. (Foto: Reprodução Twitter)

A empresa aérea Boeing recomendou que seja suspenso o uso de jatos 777 com o mesmo tipo de motor que explodiu no ar e lançou destroços sobre Denver, nos Estaos Unidos, no fim de semana. No incidente, a turbina de uma aeronave da United Airlines pegou fogo e assustou passageiros em voo entre Denver e Honolulu no último sábado (20).

De acordo com os dados de registro mais recentes, as únicas companhias aéreas que operam com os motores afetados estão nos Estados Unidos, Japão e Coréia do Sul. A United é a única operadora dos EUA com esse tipo de motor em sua frota.

O Ministério dos Transportes do Japão disse que ordenou às companhias aéreas domésticas do país que suspendessem as operações de aeronaves Boeing 777 equipadas com motores Pratt & Whitney PW4000.

No domingo, a companhia aérea United Airlines também anunciou que suspenderá o uso de todos os seus aviões Boeing 777 que hoje estão em serviço utilizando o tipo de motor – um total de 24 aeronaves.  A medida é tomada após a agência reguladora Federal Aviation Administration (FAA) solicitar que inspeções fossem intensificadas para investigar o incidente.

As informações são da CNN.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *