Conecte-se conosco

Manaus

Após anunciar corte de despesa com pessoal, David Almeida amplia empregos a políticos que perderam eleição

No início do mês, David Almeida suspendeu, até o fim de 2021, as horas extras, gratificações, nomeações de concursados e contratações temporárias, alegando reduzir despesas com pessoal em função da pandemia.

O prefeito de Manaus, David almeida (Avante) ampliou, nesta semana, o número de nomeações de políticos que perderam as últimas eleição para empregos em cargos comissionados na estrutura do município.

Em decretos publicados na edição de 20 de janeiro do Diário Oficial do Município (DOM), David Almeida nomeou vários candidatos a vereador derrotados para cargos na Fundação Municipal de Cultura e Eventos (ManausCult), presidida pelo vereador vereador Alonso Oliveira: Reizo Castelo Branco para diretor do Departamento de Difusão Cultural.; Carlos Rene de S. Fernandes, conhecido como Carlos Portta, para gerente do Café Teatro e Elias Emanuel para diretor da área de Políticas Setoriais. Na Secretaria Municipal da Mulher e Cidadania (Semasc), Fabrício Lima foi nomeado diretor da área de Políticas Setoriais.

Antes, David Almeida já havia nomeado o ex-deputado Platiny Soares subsecretário de Esporte e Lazer (Semjel); o presidente da Manauscult é o ex-vereador Alonso Oliveira, João Mendes Fonseca Jr. (pastos Janjão) para a secretaria extraordinária e o ex-deputado Saba Reis para a Secretaria de Limpeza pública. Para a secretaria de Saúde, David nomeou a mulher do deputado Abdala Fraxe (Podemos), a médica Shádia Hussami Hauache Fraxe. Os ex-vereadores Marisson Roger e André Luiz também foram indicados para cargos comissionados no município.

No início do mês, David Almeida publicou Decreto suspendendo, até o fim de 2021, as horas extras, gratificações, nomeações de concursados e contratações temporárias, alegando reduzir despesas com pessoal em função da crise causada pela Covid-19. O prefeito também suspendeu a criação de conselhos ou comissões remuneradas, criação ou alteração de planos de cargos e ainda qualquer criação de auxílio, bônus, abonos ou benefícios de qualquer natureza.

No Decreto, o prefeito considerou a necessidade da programação de política efetiva de controle e gestão dos gastos públicos, por cada órgão, entidade e fundo, para melhor atender as medidas emergenciais relacionadas à COVID-19, de modo a resguardar as finanças do município.

Após amargarem derrota nas eleições municipais do ano passado, o ex-vereadores Ewerton Campos Wanderley, o Dr. Wanderley (DEM), e Edson Bentes de Castro, o Bentes Papinha (PL), também ganharam emprego de David Almeida em cargos em secretarias municipais.

Dr. Wanderley foi nomeado para o cargo de diretor de Departamento de Vigilância Sanitária, na Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), no dia 15 deste mês.

Já Edson Bentes de Castro foi nomeado ao cargo de assessor técnico 1 da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) e consta na publicação do Diário Oficial da Prefeitura de Manaus do dia 19, mesmo dia que foram publicadas as nomeações dos ex-vereadores Reizo Castelo Branco e Carlos Portta.

As nomeações de ex-vereadores pelo prefeito de Manaus gerou polêmica e críticas. Diante da repercussão negativa, Reizo Castelo Branco, Elias Emanuel e Carlos Portta colocaram o cargo à disposição do prefeito e foram exonerados.

David Almeida suspende por um ano nomeação de concursados e gratificações na Prefeitura de Manaus

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *