Conecte-se conosco

Brasil

Golpistas fingem oferecer empréstimos e cobram imposto via Pix, alerta Receita Federal

Estelionatários fornecem inclusive documentos, como notificações e documentos de arrecadação falsos, induzindo o cidadão a recolher taxas inexistentes para a liberação do dinheiro.

Receita Federal alerta para golpes relacionados a pedidos de empréstimo e IOF. (Foto: Divulgação)

A Receita Federal alertou para golpes envolvendo empréstimos. Em vários relatos recebidos pelo órgão, supostas empresas condicionam a liberação dos empréstimos ao pagamento antecipado de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) pelo cidadão. Os estelionatários fornecem inclusive documentos, como notificações e documentos de arrecadação falsos, induzindo o cidadão a recolher taxas inexistentes para a liberação do dinheiro.

O Órgão recebeu relatos de cidadãos que pagaram supostas taxas ou IOF por meio de transferências via PIX para pessoas físicas. Trata-se de golpe, já que a Receita Federal não fornece dados para recolhimento de tributos ou taxas via transferência.

O recolhimento do IOF, especificamente, é feito unicamente pelo Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf) que é pago pela instituição que fornece o crédito e não pelo contribuinte. A Receita Federal esclarece, ainda, que os servidores da Instituição não prestam serviços de empréstimo à população nem entram em contato para cobrar esse tipo de pagamento.

Caso desconfie ser vítima de um golpe, a Receita Federal orienta que o cidadão procure imediatamente a autoridade policial, munido de todas as provas possíveis, a fim de registrar um boletim de ocorrência.

A informação é do site O Dia.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três × 5 =