Conecte-se conosco

Amazonas

MP-AM ajuíza ação civil para obrigar Estado a melhorar estrutura da PM em município do interior do Amazonas

Promotor pede reforma na estrutura do prédio da companhia, mais viaturas policiais e homens da força de segurança.

Foto: Divulgação

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM), por meio do promotor da 1ª Promotoria de Justiça, Sulvio Henrique Lorena Duque, ajuizou ontem (16/05), uma Ação Civil Pública (ACP), com tutela de urgência, para obrigar o Governo  do Amazonas a promover melhorias estruturais e de pessoal na 4ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), em Lábrea (a 702 quilômetros de Manaus).

“A Polícia Militar em Lábrea é atuante na defesa dos interesses da sociedade e merece ser dotada de estrutura física, armamento e número de profissionais adequados, a fim de que o policial possa exercer as suas funções de maneira plena e em segurança. Por meio da ação, busca-se a construção do quartel da 4ª CIPM, o aumento do número do efetivo para 55 policiais, a disponibilização de 12 viaturas e a implementação de sistema de radiocomunicação”, informou o promotor de Justiça.

A ACP foi apresentada após investigação que durou três anos, tendo sido realizadas diversas inspeções na sede da Polícia Militar no Município e verificadas as suas necessidades de estrutura e de pessoal.

Com informações da assessoria.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezoito + 10 =