Conecte-se conosco

Amazonas

Governo do Amazonas anuncia plano com promessa de acelerar consultas e exames de saúde

Governados diz que meta é que, a partir do dia 1º de janeiro de 2022, um paciente não espere mais de trinta dias para fazer um exame ou uma consulta.

O governador Wilson Lima apresentou, nesta sexta-feira (24/09), o plano com promessa de acelerar consultas e exames na rede estadual de saúde. Os projetos, chamados de Consulta+ e Examina+ , fazem parte do Programa Saúde Amazonas, que prometem oferta, por mês, de 86.471 exames e serviços terapêuticos, além de 11.990 consultas no Hospital e Pronto Socorro (HPS) Delphina Rinald Abdel Aziz, na zona norte de Manaus.

“As pessoas ou a maioria dos pacientes da rede pública ficaram com cirurgias, consultas, exames represados desde o início do pico da pandemia. As nossas unidades hospitalares começaram a fazer um atendimento daquilo que era mais urgente. A meta que eu estabeleci aqui para a Secretaria de Saúde é que a partir do dia 1º de janeiro de 2022 um paciente não espere mais de trinta dias para fazer um exame ou uma consulta. Isso daqui é algo que eu vou cobrar todos os dias”, disse Wilson Lima.

De acordo com o programa anunciado, o HPS do Delphina Aziz passará a ofertar na rede estadual de saúde um total de quase 98,5 mil procedimentos ambulatoriais por mês, utilizando toda a sua capacidade instalada. Os agendamentos serão via Central Unificada de Regulação e Agendamento de Consultas e Exames (Cura).

O Governo do Amazonas informou que já iniciou a abertura dos Serviços de Apoio Diagnóstico e Terapêutico (SADT) do Delphina Aziz para a rede. “O projeto Examina+ vai ofertar, apenas no HPS, 86.471 exames por mês, incluindo 3.320 sessões de fisioterapia”, informou.

Já o projeto Consulta+ vai ofertar, a partir do início de outubro, também no Delphina Aziz, 11.990 consultas/mês, para ajudar a desafogar a rede ambulatorial do Estado. Além de 8.370 consultas/mês em 15 especialidades médicas, serão ofertadas 3.620 consultas de ambulatório cirúrgico, informou a Secretaria de Saúde.

De acordo com o programa anunciado, são consultas especializadas nas áreas de cardiologia, dermatologia, endocrinologia adulto e infantil, reumatologia, gastroenterologia, nefrologia, neurologia adulto e infantil, otorrinolaringologia, pneumologia adulto e pediátrico, urologia e nutrição.

Segundo o secretário da SES-AM, Anoar Samad, em uma segunda fase, o Examina+ e Consulta+ ofertarão 158 mil procedimentos em toda a rede de saúde estadual. “A gente quer avançar até março, abril do ano que vem, entre consultas e exames. Creio que aí a gente vai avaliar essa questão do tempo de espera. A demanda, você sabe, não para nunca. É uma curva que está sempre em ascendência. A gente vai trabalhar controlando esses dados, mas esse é um pontapé inicial fantástico que já vai ajudar a reduzir esse tempo de espera”, disse o secretário.

O Governo do Amazonas anunciou, ainda, que prepara o lançamento, nos próximos dias, de um projeto para ampliar a oferta de cirurgias eletivas no Estado, o Opera+, que também deverá utilizar a capacidade instalada do Delphina Aziz, com 11 salas cirúrgicas funcionando para realizar 1.265 cirurgias eletivas por mês, somente naquela unidade hospitalar.

© 2019-2021 - 18 Horas - Todos os direitos reservados.
Rede de Rádio Difusão Novidade Técnica LTDA
34.503.722/0001-80