Conecte-se conosco

Amazonas

Discente de Ciências Biológicas da Ufam participa da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26)

Celina Maria Müller Ferreira Pinagé é a única representante do estado do Amazonas na delegação do Engajamundo composta por 13 pessoas de todo o país.

A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) informou que Celina Maria Müller Ferreira Pinagé, discente do oitavo período do curso de Ciências Biológicas, vai participar da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26) na cidade de Glasgow, na Escócia, entre os dias entre os dias 01 e 12 de novembro.

Celina é a única representante do estado do Amazonas na delegação do Engajamundo composta por 13 pessoas de todo o país. O evento faz parte de um acordo internacional assinado por governos de todo o mundo com o objetivo de reduzir o impacto da atividade humana no clima, além de avaliar os resultados do Acordo de Paris feito em 2015.

A estudante foi selecionada considerando a sua atuação em relação ao meio ambiente, ações de impacto, experiência com meio ambiente e assuntos relacionados à mudanças climáticas, além de critérios relacionados com diversidade e representatividade. De acordo com a discente, a quantidade de troca de informação que ocorre durante a COP é imensurável. “Esse é um espaço de muito aprendizado, no sentido de observar o que deu certo para outros países ou até mesmo outros estados do Brasil, e observar como isso se encaixa na realidade amazônica”, enfatizou.

A aluna explicou também sobre sua atuação na Conferência e falou das suas expectativas. “Atuarei com advocacy, principalmente, mapeando e contatando partes importantes para as tomadas de decisão (principalmente os delegados oficiais do Brasil), como forma de trazer representação para a sociedade civil e mostrar a visão Amazônica sobre as pautas debatidas no evento. Quero trazer os olhares para a Amazônia, para que as reais necessidades, problemas e perspectivas sejam pautadas e trabalhadas. As expectativas são muito boas, a COP está, cada vez mais, priorizando vozes da Amazônia, ouvindo os debates que impactam nossa região e se expandindo para uma compreensão global sobre a floresta amazônica. A voz da juventude traz essa mudança consigo e acredito que, enquanto juventude amazônida, tenho muito a acrescentar nesse diálogo”, destacou.

Trajetória

Desde 2018, a discente Celina Maria Müller Ferreira Pinagé participa de grupos de estudo sobre mudanças climáticas, acompanha os eventos de tomada de decisão sobre mudanças climáticas e trabalha para entender como as mudanças climáticas e as pautas sociais se entrelaçam. “Desde então, estou conquistando meu espaço enquanto ativista ambiental lutando por justiça climática. Particularmente, minha preparação para a seleção foi mais no sentido de firmar os conhecimentos que adquiri sobre o assunto e entender como interseccionar a pauta ambiental à diversas outras questões sociais (como, por exemplo, alimentação, educação, saneamento básico, entre outras). Esse olhar amplo faz total diferença quando falamos sobre mudanças climáticas”, disse.

A COP 26 é um espaço onde é possível observar como a tecnologia e o desenvolvimento econômico podem ser aliados ao meio ambiente, e aprender novas formas de cuidar dos diferentes biomas. “Grande parte dos líderes mundiais ainda não compreendem a real importância da nossa floresta, digo inclusive que muitos trazem apenas olhares econômicos. Mas também há quem entenda a importância da bioeconomia, de manter a floresta em pé e com vida. Aí entra a importância desses espaços de diálogo internacionais, é por meio deles que conseguimos mostrar a realidade da Amazônia, o poder bioeconômico, ecossistêmico, ecológico e social que nossa região carrega, tanto para o Brasil, como para o resto do mundo”, explicou a estudante.

Ao falar sobre o retorno a Manaus após a Conferência, a discente expôs que o seu objetivo é compartilhar todo esse aprendizado pensando no desenvolvimento da nossa cidade. “Quero atuar cada vez mais como uma voz de impacto, e dialogar com aqueles que lideram nosso estado, para que nossos governantes possam entender a importância de tornar Manaus e o Amazonas, como um todo, cada vez mais empenhados pelo meio ambiente”, finalizou.

Campanha Coletiva

Para que a participação da delegação Engajamundo na COP 26 ocorra da melhor forma possível foi lançada uma campanha de arrecadação coletiva pela Benfeitoria. A campanha tem como objetivo arrecadar fundos para a hospedagem e alimentação durante as duas semanas do evento. Para aqueles que quiserem ajudar e se sentirem chamados, podem entrar em contato pelo whatsapp (92) 98114 3388, no email celinammfp@gmail.com ou fazer a doação de qualquer quantia via pix: 92981143388

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − nove =

© 2019-2021 - 18 Horas - Todos os direitos reservados.
Rede de Rádio Difusão Novidade Técnica LTDA
34.503.722/0001-80