Conecte-se conosco

Amazonas

Aras nomeia Thiago Pinheiro Correa procurador-chefe do MPF no Amazonas

Thiago Pinheiro Correa é membro do Ministério Público Federal desde 2014. Atualmente exerce suas funções como procurador da República no Amazonas, desde janeiro de 2017.

O novo procurador-geral da República, Augusto Aras, nomeou para o cargo de procurador-chefe da República no Amazonas Thiago Pinheiro Correa. Aras trocou 15 dos 32 chefes titulares das procuradorias da República das 5 regiões e das 27 unidades da federação. Os outros 17 permanecerão no cargo.

As trocas, publicadas nesta segunda-feira (30) no “Diário Oficial da União”, se referem a cargos comissionados que dependem da escolha de quem ocupa o posto máximo da Procuradoria Geral da República (PGR).

Thiago Pinheiro Correa é membro do Ministério Público Federal desde 2014. Atualmente exerce suas funções como procurador da República no Amazonas, desde janeiro de 2017. Entre novembro de 2014 e dezembro de 2016, exerceu suas funções na Procuradoria da República no Município de Cruzeiro do Sul, Estado do Acre. Integrou o grupo de controle externo da atividade policial, no Estado do Acre, durante o ano de 2016. Atuou como procurador regional eleitoral auxiliar durante as eleições suplementares de 2017, no Estado do Amazonas. É pós-graduado em Direito pela Escola Superior do Ministério Público da União. E mestrado em Direito pela Universidade Católica de Brasilia.

Aras X Dodge

Aras decidiu fazer menos mudanças no comando das procuradorias regionais e estaduais da República do que a sua antecessora, Raquel Dodge, havia feito ao assumir o posto. Em 2017, dias após assumir como procuradora-geral da República, Raquel Dodge manteve somente 11 dos chefes da procuradoria nas regiões e nos estados, e trocou outros 21 — a mudança foi de quase dois terços do total.

A Procuradoria da República no Amazonas é a unidade sede do Ministério Público Federal (MPF) que atua no Estado nos casos de competência da Justiça Federal em primeira instância. Os procuradores da República exercem suas funções nos processos em tramitação nas varas e juízos federais e também nas ações ajuizadas perante o Tribunal Regional Eleitoral (TRE), por meio da Procuradoria Regional Eleitoral.

No Amazonas, o MPF possui unidades em três cidades: a Manaus, Tabatinga e Tefé.

A PR/AM atua perante as Varas da Justiça Federal situadas na capital e sua jurisdição abrange as seguintes cidades: Anamã, Anori, Apuí, Autazes, Barcelos, Barreirinha, Beruri, Boa Vista do Ramos, Boca do Acre, Borba, Caapiranga, Canutama, Careiro da Várzea, Careiro, Codajás, Eirunepé, Envira, Guajará, Humaitá, Ipixuna, Iranduba, Itacoatiara, Itamarati, Itapiranga, Lábrea, Manacapuru, Manaquiri, Manaus, Manicoré, Maués, Nhamundá, Nova Olinda do Norte, Novo Airão, Novo Aripuanã, Parintins, Pauini, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Santa Isabel do Rio Negro, São Gabriel da Cachoeira, São Sebastião do Uatumã, Silves, Urucará e Urucurituba.

Ao todo, 14 procuradores da República atuam no Amazonas nas áreas criminal, cível e eleitoral, em ações judiciais e procedimentos extrajudiciais relacionados a todos os municípios do Estado.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × 5 =