Conecte-se conosco

Amazonas

Amazonino Mendes debate com jovens alternativas para o mercado e novas oportunidades para a UEA

O ex-governador e pré-candidato ao governo do Amazonas explanou para jovens sobre seus projetos para as novas gerações no âmbito da educação, emprego e renda.

Ex-governador Amazonino Mendes. (Foto:Clovis Miranda)

Responsável por criar a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), o pré-candidato ao Governo do Amazonas, Amazonino Mendes (Cidadania), reuniu-se com aproximadamente 250 jovens para ouvir as propostas do grupo e discutir alternativas factíveis na busca de novas tecnologias para o mercado de trabalho.

O ex-governador, por quatro mandatos, defendeu a ampliação de cursos na UEA voltados ao mundo tecnológico, durante o encontro ocorrido nesta quarta-feira (27/07), na avenida do Turismo, bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus, e que contou com a presença do vereador e pré-candidato a deputado federal, Amom Mandel (Cidadania).

“Fiz a UEA no final do meu mandato. Fiz com a finalidade de que ela tivesse sustentabilidade, por isso criei um projeto para que tivesse dinheiro, por meio das empresas do Distrito. Na minha volta, pretendo fazer uma nova UEA. Vou fazer agora a UEA Tech, totalmente tecnológica.

Eu quero que nós, no Amazonas, sejamos avançados na biotecnologia. Muitos de vocês vão ter a oportunidade de se formar nesses ramos da tecnologia propriamente dita. A gente quer conectar o mundo com avanços em pesquisas em biotecnologia”, disse Amazonino Mendes, da Federação PSDB-Cidadania.

O vereador e pré-candidato a deputado federal, Amom Mendel (Cidadania), explicou a importância do apoio na Câmara dos Deputados quanto aos projetos viáveis para o Amazonas. “A UEA Tech precisará de investimentos para mantê-la, meu compromisso é destinar 50% das emendas para alavancar nossa universidade ao primeiro mundo, isso é investir na Educação”, disse o parlamentar.

UEA transformando vidas

Para a aluna do 7° período do curso de licenciatura em dança da UEA, Gisele Santos, a universidade oportuniza vidas. “A UEA me deu a oportunidade de exercer e estudar aquilo que amo fazer, a dança. Saber que além da UEA, ele (Amazonino Mendes) criou o Cláudio Santoro, o qual faço parte do GET (Grupo Experimental de Teatro), mostra que ele pensa além do seu tempo”, informou.

Cerca de 250 jovens participaram do evento. Amom Mandel explicou sobre a importância de ter à frente do Poder Executivo um líder experiente que sempre fez muito pelo Amazonas.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

4 × 3 =