Conecte-se conosco

Amazonas

Amazonas registra queda no índice de isolamento social na semana, mostra mapa da Inloco

O mapa mostra o percentual da população que está respeitando a recomendação de isolamento e auxilia as autoridades a direcionarem os recursos de segurança pública, comunicação e saúde.

O Amazonas registrou, no último dia 20, quarta-feira, o menor índice de isolamento social desde o início do mês de maio, o quinto pior do dia entre os Estados brasileiros, de acordo com o Mapa Brasileiro da Covid-19, desenvolvido pela Inloco para auxiliar no combate à pandemia. O mapa mostra o percentual da população que está respeitando a recomendação de isolamento e auxilia as autoridades a direcionarem os recursos de segurança pública, comunicação e saúde.

No primeiro dia de maio, 46,9% da população mantinha o isolamento social. Na última quarta-feira, o índice foi de 45,34%.

O mapa mostra o percentual da população que está respeitando a recomendação de isolamento para conter a pandemia de Covid-19. O distanciamento e o isolamento social é de extrema importância para que o número de casos não cresça em ritmo acelerado.

Os números apontam que os discursos minimizando a importância do isolamento afetam a atitude da população. Após pronunciamentos do presidente da República relativizando a medida, considerada crucial para reduzir a velocidade de contágio e evitar o colapso do sistema de Saúde, a taxa de mobilidade aumenta.

O mapa é atualizado diariamente, com os números da véspera. Dados disponíveis hoje (8/4) indicam que o Distrito Federal tem o maior índice de isolamento social, seguido por Goiás. A capital federal, que liderava o número de casos per capita, ocupa hoje a 8ª posição. Nas cidades de Recife e São Paulo, o mapa traz dados por bairro, permitindo que autoridades direcionem esforços para áreas onde a circulação permanece alta.

O site traz, ainda, outros indicadores de mobilidade, como as viagens de avião, que foram o vetor para a rápida proliferação da Covid-19 no Brasil e no mundo. O rastreamento é feito por meio de API em aplicativos de parceiros como Santander, Magazine Luiza, Hering, Banco Original e TIM, contando com uma base de 60 milhões de dispositivos cadastrados. Os dados são agregados e não identificam nenhuma pessoa individualmente.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × dois =

Need Help? Chat with us