Conecte-se conosco
Publicidade

Amazonas

Primeira reunião do Conselho da Amazônia trata de combate ao novo coronavírus

Mourão anunciou a pretensão de instalar postos avançados nas fronteiras da região amazônica e defendeu a união dos estados com o governo federal

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, participou, ontem (25), da primeira reunião do Conselho Nacional da Amazônia Legal neste ano. O encontro tratou de estruturação, estratégia e ações imediatas do conselho – que serão focadas no combate ao avanço da Covid-19 na região. O Conselho foi transferido por decreto presidencial no mês passado do Ministério do Meio Ambiente para a Vice-Presidência da República.

Após a reunião, Mourão anunciou a pretensão de instalar 12 postos avançados ao longo da fronteira do Brasil com outros países para impedir a entrada de pessoas infectadas pelo novo coronavírus. O país já está com as fronteiras fechadas para estrangeiros desde a semana passada.

“A Amazônia pode gerar muita riqueza. Seu desenvolvimento industrial e tecnológico torna seu futuro ainda mais promissor”, destacou Mourão, em postagem no Twitter, na tarde de ontem.

Na mensagem, Mourão defende a união dos estados com o governo federal e assinala que o compromisso do conselho é garantir a proteção da Amazônia e que estimular seu avanço é essencial para o Brasil.

Desde a transferência do conselho, Mourão visitou oito governadores de estados que formam a Amazônia Legal. O conselho é formado por representantes de 14 ministérios e tem 13 competências descritas em decreto.



Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 6 =