Conecte-se conosco

Notícias

AM: governo diz que empenhou R$ 25 milhões e pagou R$ 3 milhões em ações contra Covid-19

Do total da pagamentos, R$ 2,97 milhões foram para a compra de 28 respiradores pulmonares, pagos à FJAP Ltda. que custaram, em média, quase o dobro dos respiradores comprados pelo governo federal.

Após recomendações do Ministério Público (MP-AM) e do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o governo do Amazonas passou a publicar, nesta semana, no Portal da Transparência, os valores de recursos que está usando nas ações de combate à pandemia de novo coronavírus e na assistência de pacientes com Covid-19. De acordo com o governo, “são todas as aplicações de recursos para realização das ações emergenciais de combate à pandemia causada pelo novo Coronavírus”.

Até esta sexta-feira, o valor total empenhado foi de R$ 25,39 milhões, com pagamento já efetuado de R$ 3,02 milhões. Os valores são menores do que os da Secretaria de Cultura (Sec) nos primeiros meses do ano: R$ 30,88 milhões e mpenhados e R$ 29,36 milhões pagos.

Do total da pagamentos no combate à pandemia, R$ 2,97 milhões foram para a compra de 28 respiradores pulmonares, pagos à FJAP Ltda. Cada um dos ventiladores pulmonares que o governo do Amazonas informou ter comprado por R$ 2,97 milhões, para atender pacientes de Covid-19 no Estado, custou, em média, quase o dobro dos respiradores comprados pelo governo federal. A diferença de preços é de R$ 48,9 mil por unidade.

De acordo com as informações publicada pelo governo, em fevereiro foram pagos, na relação de recursos contra a Covid-19, R$ 1.764,00. Em março, foram empenhados R$ 7,69 milhões e pagos R$ 44 mil. E, em abril, empenhados R$ 17,69 milhões e pagos R$ 2,97 milhões.

O MP-AM recomendou que o poder público promova a mais ampla divulgação possível dos gastos, em sítio próprio, nas páginas respectivas do Governo do Amazonas e do Município de Manaus, para fins de fácil acesso a toda a sociedade, para resguardar da lisura dos processos de contratação e execução dos contratos referentes ao enfrentamento da Covid-19.

O Comitê de Monitoramento criado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE ) para fiscalizar a aplicação dos recursos públicos destinados ao combate do novo coronavírus (Covid-19) solicitou que Governo do Amazonas, Prefeitura de Manaus e Associação Amazonense de Municípios (AAM) disponibilizem nos respectivos Portais da Transparência, um campo exclusivo para os recursos referentes à situação de calamidade pública.

Veja aqui os todos os gastos do governo do Amazonas este ano.

Covid-19: ventiladores comprados pelo governo do AM são quase 100% mais caros que os adquiridos pelo governo federal

 

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 18 =

Need Help? Chat with us