Conecte-se conosco

Economia

China registra redução de 25% na emissão de CO2, aponta estudo

Diminuição é atribuída à paralisação das atividades econômicas no país asiático, em decorrência da epidemia de Covid-19

Um estudo do Centro de Pesquisas sobre Energia e Ar Limpo (CREA) mostra que, de 3 a 16 de fevereiro, as emissões de CO2 reduziram 25% na China, em comparação ao mesmo período do ano passado. A diminuição é atribuída à paralisação das atividades econômicas no país asiático, em decorrência da epidemia de Covid-19. A pesquisa foi divulgada hoje (19) pelo site especializado Carbon Brief.

O levantamento aponta que, nas duas últimas semanas, as emissões de CO2 se aproximam de 300 milhões de toneladas, contra 400 milhões de toneladas emitidas nas duas semanas posteriores ao recesso de Ano Novo em 2019. “A redução do consumo de carvão e petróleo mostra uma queda de, pelo menos, 25% das emissões na comparação com o mesmo período no ano passado, o equivalente a uma diminuição de 6% das emissões mundiais durante o período”, destaca o estudo.

Com mais de 2 mil mortes e 74 mil casos confirmados do novo coronavírus, a China vive momentos de incerteza econômica, com escolas fechadas e fábricas inativas ou em funcionamento parcial.

© 2019-2021 - 18 Horas - Todos os direitos reservados.
Rede de Rádio Difusão Novidade Técnica LTDA
34.503.722/0001-80