Conecte-se conosco

Manaus

UPA da Cidade Nova é atacada mais uma vez por bandidos, denuncia sindicalista

Assaltos em unidades de saúde de Manaus viraram rotina no corrente ano.

A UPA está localizada na avenida Camapuã, Cidade Nova – Foto: Bruno Zanardo

Pela segunda vez em 2022, bandidos atacaram a Unidade de Pronto Atendimento José Rodrigues, bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus, causando pânico em pacientes e profissionais da saúde. Desta vez, os criminosos tentaram assaltar a unidade por volta das 2h30 desta sexta-feira (01/04), segundo informou a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Santas Casas, Entidades Filantrópicas e Religiosas e Estabelecimentos de Saúde do Estado do Amazonas (Sindpriv-AM), Graciete Mouzinho.

A sindicalista destacou que há aproximadamente um mês, a unidade de saúde, que foi atacada no dia 1º de fevereiro deste ano, está sem segurança armada na UPA. Graciete Mouzinho informou que a empresa responsável pela vigilância no local não paga os salários dos vigilantes há quase quatro meses.

“Os profissionais e pacientes estão sem segurança. A empresa Millennium não pagou o trabalhador. Eles (Secretaria de Estado de Saúde) bloquearam este dinheiro para pagar direto ao trabalhador, mas esse dinheiro ainda não saiu. Eles estão com atraso de 4 meses, sem vale-transporte e sem alimentação. A empresa recolheu as armas de todos os seguranças e os vigilantes vão para a UPA, mas só ficam até a um determinado horário, porque não estão recebendo”, disse Graciete.

Graciete Mouzinho ressaltou que os profissionais de saúde temem por uma tragédia. “Foi uma correria na madrugada. Os médicos se esconderam, as enfermeiras se esconderam no banheiro. Já repassei a situação para direção da Secretaria de Saúde. O medo delas é que eles retornem para cometer mais assalto. Já pedi segurança para o local, mas nada mudou. São mais de 15 dias atuando sem segurança. Elas só não abandonaram o local de trabalho para não deixar a população sem atendimento. Mas a situação é perigos”, comentou.

Uma profissional da saúde relatou os momentos de agonia vivenciado por trabalhadores e pacientes. “Parecia corrida de cavalo. Quando eu ouvi, eu disse assalto, e vou correr. A primeira coisa que pensei foi ir para o banheiro, que é o único local que tem chave. Um médico correu e se trancou dentro do carro dele no estacionamento”, disse a enfermeira.

Mais assaltos

No dia 3 de março, três unidades de saúde suspenderam o funcionamento em razão de ataques de criminosos. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), os bandidos furtaram a fiação elétrica dos estabelecimentos. Segundo a Semsa, a Unidade Básica de Saúde (UBS) Armando Mendes, localizada na rua Aragarças, no Manoa, zona Norte, e o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) localizado na rua J, quadra 64, número 7, no bairro São José, zona Leste, tiveram o fornecimento de energia totalmente prejudicado, impossibilitando o atendimento aos usuários.

Ainda de acordo com a Semsa, na policlínica Dr. Antônio Comte Telles, localizada na rua J, s/nº, também no bairro São José, zona Leste, onde parte da instalação elétrica foi furtada, não estão funcionando o Laboratório Distrital Leste, o SAE (Serviço de Atendimento Especializado), a farmácia e a Estratégia Saúde da Família L 07.

Já no dia 1º de fevereiro, pacientes da Unidade de Pronto Atendimento José Rodrigues, bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus, foram assaltados por uma dupla ainda não identificada pela polícia, por volta das 19h30 desta terça-feira (1º/02). Em imagens do circuito de vigilância eletrônica da UPA é possível ver o momento em que a dupla de assaltantes chega em uma motocicleta não identificada e rouba pacientes que estão na porta de entrada da unidade hospitalar.

Do lado de dentro da UPA, conforme as imagens, os pacientes entram em desespero tentando fugir, inclusive, uma mulher em uma cadeira de rodas, enquanto o vigilante da unidade reage atirando em direção da dupla, que realizou o assalto.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três × quatro =