Conecte-se conosco

Manaus

Prefeitura amplia vacinação contra a Covid-19 para crianças de 6 a 9 anos de idade

Desde o início da campanha, no último dia 17, até as 17h desta quarta-feira, 3.120 crianças já haviam sido vacinadas contra a Covid-19 em um dos pontos fixos de vacinação

Vacinação em Manaus acontece em quatro pontos – Foto: Antonio Pereira / Semcom

Crianças de 6 a 9 anos de idade, sem doenças preexistentes, já podem ser vacinadas contra a Covid-19, a partir desta quinta-feira (27/1), em um dos quatro pontos de atendimento exclusivo ao público infantil, coordenados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

A campanha já havia sido ampliada para os grupos prioritários 2 e 3, que incluem indígenas, quilombolas e crianças de instituições de longa permanência (abrigos e orfanatos), e para os menores de 10 e 11 anos, da população geral. O atendimento à nova faixa etária será possível, de acordo com a secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, pela incorporação da CoronaVac à vacinação infantil.

“Com a autorização da Anvisa e do Ministério da Saúde, para o uso da CoronaVac na população de 6 a 11 anos, ampliamos a disponibilidade de doses para o público infantil, que até então só podia ser imunizado com a Pfizer pediátrica”, explica a secretária, informando que a Semsa conta, em estoque, com aproximadamente 23 mil doses dos dois imunizantes e que já solicitou reforço da Fundação de Vigilância em Saúde Doutora Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) para avançar com a campanha de imunização das crianças na capital.

Desde o início da campanha, no último dia 17, até as 17h desta quarta-feira, 3.120 crianças já haviam sido vacinadas contra a Covid-19 em um dos pontos fixos de vacinação e no atendimento itinerante de grupos prioritários.

Os quatro pontos de atendimento exclusivo de crianças contra a Covid-19 são: Parque Cidade da Criança, na zona Sul; Clube do Trabalhador-Sesi, na zona Leste; e Centro de Convivência Magdalena Arce Daou, na zona Oeste, com funcionamento de segunda a sábado, das 9h às 16h; e shopping Manaus Via Norte, na zona Norte, que atende nos mesmos dias, das 10h às 16h.

Para ser vacinada, a criança deve estar acompanhada por um dos pais ou outro responsável maior de 18 anos, com documento de identidade. Os documentos infantis obrigatórios são: certidão de nascimento ou documento de identificação original com foto; cartão nacional do SUS ou CPF, e a caderneta de vacinação.

Para as que têm comorbidades, além dos documentos pessoais é preciso levar laudo médico que comprove condições consideradas pelo MS como prioridade para a vacinação. A lista de comorbidades pode ser conferida no site da Semsa (semsa.manaus.am.gov.br). Já para as crianças com deficiências (PcD), não há exigência de comprovação desta condição.

Informações detalhadas sobre a vacinação infantil, incluindo endereços dos locais de atendimento, documentos e informações estão disponíveis no site da Semsa (semsa.manaus.am.gov.br) ou nas redes sociais oficiais da secretaria (@semsamanus no instagram e Semsa Manaus no facebook).

De acordo com a Semsa, o total estimado na faixa etária de 5 a 11 anos de idade, em Manaus, é de 260 mil crianças e a meta, como estabelecido pelo Ministério da Saúde, é vacinar 90% deste público com as duas doses recomendadas pelos fabricantes, administradas com intervalo de oito semanas.

 

 

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

oito − 1 =