Conecte-se conosco

Manaus

Manaus: CMM vai gastar R$ 630 mil para substituir sistema eletrônico de votação

O Diário Oficial da CMM do último dia 5 publicou a homologação do Pregão Presencial 006/2019, tendo como vencedora a empresa Visual Sistemas eletrônicos Ltda., de Belo Horizonte (MG).

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) vai gastar R$ 630 mil para substituir o seu painel eletrônico de votações, sob a alegação de que “o mesmo já se encontra obsoleto, com vida útil ultrapassada, apresentando uma série de defeitos, pois o mesmo foi adquirido entre os anos de 2005 e 2006, portanto, com aproximadamente 14 anos”. O Diário Oficial da CMM do último dia 5 publicou a homologação do Pregão Presencial 006/2019, tendo como vencedora a empresa Visual Sistemas eletrônicos Ltda., de Belo Horizonte (MG).

A justificativa da CMM para o serviço é a de que “o equipamento vem apresentado constantes travamentos de sistema, obrigando à reinicialização frequente do sistema e, em muitos casos, a intervenção da equipe para a resolução do problema”. Relata que, “nos terminais de presença, as teclas e o visor já se encontram invisíveis, o que dificulta a visualização da ação realizada pelo parlamentar, além disso, alguns componentes já apresentam oxidação; no painel eletrônico, muitas lâmpadas de LED estão queimadas, exibindo o nome incompleto de alguns parlamentares; a CPU que gerencia o software do painel já apresentou curto-circuito em sua placa e encontra-se sem a tampa de proteção do gabinete, conforme fotos”.

O novo sistema, segundo a justificativa da CMM, “irá proporcionar ao Legislativo e a população de Manaus, otimização dos trabalhos em plenário com a automatização dos registros de presença e do voto, redução do tempo da sessão com possibilidade do aumento de matérias votadas na mesma sessão, maior transparência nos trabalhos em plenário com a veiculação no painel e publicação automática no portal da CMM das presenças, resultados das votações, oradores, aparteantes, entre outras informações de interesse da população”.

A CMM justificativa, ainda, que o sistema “pode ser utilizado para sessões solenes, já que o painel vídeo wall poderá ser utilizado como um grande telão com altíssima qualidade”. O projeto também “prevê todo o aparato necessário para o bom andamento das sessões plenárias, como o módulo gerenciador de vídeo que permite utilizar com máxima eficiência o painel vídeo wall, terminais para registro de presença e voto com tecnologia de biometria digital e também com tecnologia de biometria de palma para parlamentares com eventuais problemas nas digitais, módulo de protocolização para celeridade no processo de protocolo de documentos, recurso de corte automático de microfones para controle nos tempos de fala dos Parlamentares, terminais para consultas a base histórica das sessões e votações permitindo eficiência no trabalho do back office da mesa diretora, entre outros recursos com benefícios diretos para a CMM e a população”.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezenove − 18 =