Conecte-se conosco

Economia

Produção de motocicletas no Polo Industrial de Manaus deve cair 15,4% em 2020, prevê Abraciclo

O presidente da associação, Marcos Fermanian, afirmou que apesar do mês de setembro ter sido o melhor do ano para o setor, a recuperação não será suficiente para compensar as perdas causadas pela pandemia de Covid-19.

A Abraciclo (associação que reúne fabricantes de motos) revisou suas previsões para 2020. De acordo com a entidade, a produção no Polo Industrial de Manaus (PIM) deve cair 15,4% em 2020. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Em um comunicado divulgado nesta quinta-feira (14), Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo, afirma que o mês de setembro foi o melhor do ano para o setor, mas a recuperação não será suficiente para compensar as perdas acumuladas devido à pandemia de Covid-19.

“A produção de motocicletas foi fortemente impactada no período mais crítico da pandemia, e os números comprovam isso. No entanto, desde a retomada gradual das atividades, as fábricas registram curva ascendente”, afirma o executivo.

A produção chegou a 105.046 unidades no último mês. No acumulado do ano, 693.541 motocicletas foram montadas, queda de 17,1% em relação ao mesmo período de 2019. Em janeiro, a Abraciclo acreditava que 2020 terminaria com 1,18 milhão de motos fabricadas. Agora, a entidade prevê que esse número deverá chegar a 937 mil.

A estimativa de vendas também foi revista: as empresas projetam queda de 16,2% nos emplacamentos neste ano, com 909 mil motocicletas vendidas no atacado.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + quinze =

Need Help? Chat with us