Conecte-se conosco

Economia

Preço do óleo diesel nos postos de combustíveis supera máxima histórica de 2005

O preço do diesel vendido nas bombas superou a máxima histórica anterior, de R$ 4,85 em outubro de 2005, em maio de 2021.

O preço do óleo diesel sobe pelo 6º mês consecutivo nos postos de combustíveis. O valor médio chegou a R$ 7,10 no país, o que representa uma alta real –corrigido pela inflação– de 25,9% no ano. A informação é do site Poder 360°

Está no maior valor da série histórica. Os dados são da ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis). O Poder360 atualizou dados desde 2001 pela inflação.

O preço do diesel vendido nas bombas superou a máxima histórica anterior, de R$ 4,85 em outubro de 2005, em maio de 2021. Agora, chega a R$ 7,10 no país. Já o óleo diesel S10 subiu 33% em 2022. Chegou ao preço médio de R$ 7,22 no país. Em 12 meses, a alta real é de 57,9%. A gasolina subiu 3,4% em 2022. Apesar da alta no semestre, o combustível caiu 1,1% nos últimos 2 meses.

Os dados jogam contra o governo Jair Bolsonaro (PL), já que o valor do combustível também está próximo da máxima histórica. Dois motivos pressionaram os preços: os 2 anos de pandemia de covid-19 e a guerra da Rússia contra a Ucrânia.

O diesel –usado nos caminhões- alcançou preço médio de R$ 7,10. O valor médio já supera a gasolina no Acre (R$ 8,27). O custo máximo chega a R$ 8,50 no Estado. A gasolina supera R$ 7 em 24 Estados. O diesel, em 21. A última pesquisa de junho foi feita com 18.941 postos do Brasil.

O barril do Petróleo tipo brent se mantém nesse patamar por 5 meses. Caiu em junho (US$ 112,9) no comparativo com maio (US$ 122,84).

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

oito − 8 =