Conecte-se conosco

Economia

IBGE: Inflação fica em 0,47% em maio e alcança 11,73% em 12 meses; combustível pesou mais no bolso

No ano, indicador acumula alta de 4,78% e já superou meta de 3,5% estabelecida pelo governo

A inflação avançou 0,47% em maio, segundo dados do IPCA divulgados pelo IBGE nesta quinta-feira, 09/06. O resultado indica uma desaceleração do indicador em relação ao mês de abril, quando o IPCA registrou alta de 1,06%. Ainda assim, os preços seguem pressionados ao consumidor: em 12 meses, o índice ficou em 11,73%.

O resultado veio ligeiramente abaixo do esperado. Analistas econômicos esperavam alta de 0,60% no mês e 11,84% em 12 meses.

Inflação pesou no bolso do brasileiro em 2021. Veja quais foram os principais vilões:

– Os combustíveis foram os principais vilões da inflação em 2021. O etanol disparou 62,23% no ano passado. Já a gasolina, 47,49%. O gás de botijão subiu 36,99%. São preços que influenciam outros preços na economia.

– Com a alta nos preços dos combustíveis, o grupo dos transportes teve alta forte em 2021, pesando no bolso dos mais pobres. A alta acumulada foi de 21,03% .

– Entre os gêneros alimentícios, o café foi um dos que mais encareceram em 2021. Os alimentos formam um dos grupos de maior alta de preços na composição do IPCA: subiram 14% no ano passado. As bebidas ficaram, em média, 7,94% mais caras.

Perspectivas

Economistas projetam que a inflação encerrará o ano de 2022 perto de 9%, de acordo com a última divulgação do relatório Focus, documento publicado na última segunda-feira pelo Banco Central (BC). Caso seja confirmado, 2022 será o segundo ano seguido em que o Banco Central não consegue cumprir a meta de inflação. O BC já havia admitido em março alta probabilidade de descumprimento da meta.

A meta de inflação deste ano é de 3,5% com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual (p.p). Em março. Para 2023, a mediana das expectativas aponta para IPCA em 4,39%. A meta para o próximo ano é de 3,25%, com piso de 1,75% e teto de 4,75%.

A informação é do jornal O Globo.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

4 × três =