Conecte-se conosco

Economia

Chope, caipirinha: Veja o peso dos impostos nos produtos consumidos no Carnaval

Levantamento feito pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) indica os itens mais tributados

Os foliões que forem às ruas nos próximos dias para aproveitar o carnaval não conseguirão escapar dos impostos. Um levantamento feito pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) aponta que produtos tradicionalmente muito consumidos nesta época são os mais tributados. Chope, cachaça, caipirinha e até adereços de fantasias lideram o ranking do impostômetro da folia.

No topo da lista de maiores tributos está a cachaça, com 81,9% de impostos sobre o preço de cada dose. Quem optar por beber a tradicional caipirinha ou uma tulipa de chope pagará 76,7% e 62,2% em impostos, respectivamente.

Nem mesmo os foliões que vão se fantasiar escaparão do impostômetro. Adereços de fantasias aparecem à frente de outros serviços, como passagens aéreas e hospedagens.

O jeito para quem não quiser desembolsar 36,41% em impostos nas fantasias será investir na criatividade, sugere Ulisses Ruiz de Gamboa, economista da ACSP:

— Para quem não deseja desembolsar 36,41% em impostos, reutilizar fantasias ou usar da criatividade pode ser a opção.

A explicação para a elevada tributação de produtos tradicionalmente mais consumidos no carnaval deve-se ao fato de muitos itens serem considerados supérfluos ou maléficos à saúde.

— Também devemos atentar para a realidade de que, no Brasil, a tributação é muito concentrada no consumo, o que acaba elevando os preços dos produtos ao consumidor final e, muitas vezes, impede que este consuma mais e melhor — explica João Eloi Olenike, presidente executivo do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT).

Confira a lista dos itens mais tributados no carnaval

 

  1. Cachaça – 81,9%
  2. Caipirinha – 76,7%
  3. Chope – 62,2%
  4. Máscara de plástico – 43,93%
  5. Refrigerante (lata) – 46,47%
  6. Colar havaiano – 45,96%
  7. Óculos de sol – 44,18%
  8. Refrigerante em garrafa – 44,55%
  9. Cerveja artesanal – 42,69%
  10. Cerveja em lata – 42,69%
  11. Cerveja em garrafa – 42,69%
  12. Máscara de lantejoulas – 42,71%
  13. Biquíni com lantejoulas – 42,19%
  14. Fantasia/roupa tecido – 36,41%
  15. Pandeiro – 37,83%
  16. Fantasia/roupa com arame – 33,91%
  17. Água de coco – 34,13%
  18. Biquíni – 33,44%
  19. Água mineral – 31,50%
  20. Passagem aérea – 22,32%
  21. Preservativo – 18,75%

As informações são do Extra.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + dezessete =