Conecte-se conosco

Economia

Agência Nacional de Saúde suspende comercialização de nove planos de saúde

Nesse ciclo, a ANS determinou a suspensão de nove planos de duas operadoras devido a queixas registradas no primeiro trimestre deste ano

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou, nesta quinta-feira (dia 4), a lista de planos de saúde que terão a venda temporariamente suspensa devido a reclamações de usuário sobre a cobertura assistencial. A medida faz parte do Monitoramento da Garantia de Atendimento, que acompanha regularmente o desempenho do setor a cada três meses.

Nesse ciclo, a ANS determinou a suspensão de nove planos de duas operadoras devido a queixas registradas no primeiro trimestre deste ano. A proibição da venda começa a valer no dia 9 de julho.

  • Univida Coletivo Por Adesão – Apartamento
  • Univida Coletivo por Adesão – Enfermaria
  • Univida Coletivo Por Adesão – Enferm C Cop
  • Univida Coletivo por Adesão Nacional – Enferm – Cop
  • Univida Empresarial III – Apartamento

 

Santo André Planos de Assistência Médica Ltda.

  • Diamante
  • Medical Ind 200
  • Prime 400
  • Rubi

 

Ao todo, segundo a ANS, 14.063 usuários dos planos ficarão protegidos com a medida, já que a restrição não atinge os contratos já vigentes. Esses beneficiários continuarão com o atendimento mantido.

Além disso, os planos agora com comercialização suspensa somente poderão voltar a ser comercializados para novos clientes se as operadoras apresentarem melhora no resultado no monitoramento.

A cada trimestre, a listagem de planos é reavaliada, e as operadoras que deixarem de apresentar risco à assistência à saúde são liberadas a oferecerem os planos para novas comercializações.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 3 =