Conecte-se conosco

Amazonas

Senador propõe prisão para quem furar fila da vacina

“A intenção é tipificar o delito fura-fila próximo ao da corrupção ativa, onde cabe punição”, afirmou o senador Plínio Valério

O senador pede prisão e multa para quem furar a fila da vacina anticovid – Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

O senador Plínio Valério (PSDB-AM) apresentou nesta segunda-feira (25) um projeto de lei (ainda não numerado) para estabelecer punição a quem furar a fila de vacinação contra a covid-19, segundo informou a Agência Senado. A proposta, explicou o senador, foi motivada por denúncias de irregularidades em diversos estados brasileiros.

“A intenção é tipificar o delito fura-fila próximo ao da corrupção ativa, onde cabe punição. É um projeto desnecessário se fôssemos nós um país civilizado nesse aspecto”, afirmou o senador.

Segundo Plínio Valério, o Ministério Público está investigando denúncias de irregularidades na distribuição de doses e desvios de vacinas contra a covid-19 em pelo menos oito estados brasileiros, cuja a suspeita é de que pessoas estejam furando a fila de imunização.

Na capital amazonense, a vacinação chegou a ser suspensa após denúncias de que parentes de empresários estariam sendo imunizados mesmo não fazendo parte do grupo prioritário. “Você entrar na frente daqueles que realmente precisam usando sua condição social é uma vergonha. Por isso que também tem que se punir o agente público, os dois tem que ser punidos”, comentou o senador Plínio Valério.

© 2019-2021 - 18 Horas - Todos os direitos reservados.
Rede de Rádio Difusão Novidade Técnica LTDA
34.503.722/0001-80