Conecte-se conosco

Brasil

Norte e Centro-Oeste: 46,3% defendem prioridade na saúde, diz pesquisa nacional

Nada menos que 46,3% dos entrevistados do Norte e Centro-Oeste priorizaram a saúde, o maior índice entre todas as regiões, segundo o Instituto Paraná Pesquisa.

Quase a metade da população das regiões Norte e Centro-Oeste considera que o presidente Jair Bolsonaro deveria dar prioridade para o setor de saúde. É o que mostra levantamento do Instituto Paraná Pesquisa, realizado entre os dias 5 e 9 de agosto. Nada menos que 46,3% dos entrevistados do Norte e Centro-Oeste priorizaram a saúde, o maior índice entre todas as regiões. No Brasil, segundo a pesquisa, 44,3% defendem a prioridade na saúde.

Foram ouvidas 2.082 pessoas, através de entrevistas telefônicas com habitantes com 16 anos ou mais em 26 Estados e Distrito Federal e em 174 municípios brasileiros. A amostra representativa do Brasil atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,0% para os resultados gerais. Nas análises das questões por localidade, o grau de confiança atinge 95% para uma margem de erro de 5,5% para o estrato das regiões Norte e Centro-Oeste.

Veja os números:

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

15 − 13 =