Conecte-se conosco

Brasil

Maioria no Norte e Centro-Oeste diz que candidato a presidente ser gay não altera vontade de votar nele

Os dados foram obtidos a partir de pesquisa nacional realizada por instituto do Paraná, em 26 estados do Brasil.

Ser gay pouco importa na hora de decidir o voto. (Foto: Reprodução/Internet)

Pesquisa de opinião pública realizada com 2.033 pessoas em 192 municípios do Brasil sobre temas atuais, apontou que 75,9% dos moradores das regiões Norte e Centro Oeste não deixariam de votar em um candidato a presidente da república pelo fato de ele ser gay. O levantamento nacional foi realizado entre os dias 15 a 19 de julho de 2021 pela empresa Paraná Pesquisa.

Apesar da maioria declarar voto ao candidato independente de sua orientação sexual, a pesquisa apontou ainda que 13,7% dos leitores não votariam em um candidato gay. Já 5,8% admitiram que o fato de ser gay, aumenta a vontade de votar naquele candidato.

O trabalho de pesquisa dos dados foi feito através de entrevistas pessoais telefônicas, não robotizadas, com habitantes com 16 anos ou mais em cidades de 26 Estados e Distrito Federal durante os dias 15 a 19 de julho de 2021.

Tal amostra representativa do Brasil atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 2,0% para os resultados gerais. Nas análises das questões por localidade, o grau de confiança atinge 95,0% para uma margem de erro de 3,5% para o estrato da Região Sudeste, onde foram realizadas 875 entrevistas; 4,5% para o estrato da Região Nordeste, onde foram realizadas 544 entrevistas; 5,5% para o estrato da Região Norte + Centro-Oeste onde foram realizadas 312 entrevistas e 6,0% para o estrato da Região Sul, onde foram realizadas 302 entrevistas.

A Paraná Pesquisas encontra-se registrada no Conselho Regional de Estatística da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª Região sob o nº 3122/21.

© 2019-2021 - 18 Horas - Todos os direitos reservados.
Rede de Rádio Difusão Novidade Técnica LTDA
34.503.722/0001-80