Conecte-se conosco

Brasil

Coronavírus: governo avalia montar quarentena em Anápolis

Segundo o ministro Onyx Lorenzoni, Florianópolis e cidade no Nordeste também estão sob análise

Em entrevista à Rádio Gaúcha, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, disse que o governo avalia a possibilidade de montar em Anápolis (GO), Florianópolis (SC) ou em alguma cidade do Nordeste a quarentena para brasileiros que voltarem de Wuhan, na China. A informação é do portal G1.
No último fim de semana, brasileiros que se encontram na cidade de origem do surto do novo coronavírus gravaram um vídeo com apelo para retornar ao Brasil. O governo então decidiu no realizar uma operação para buscá-los. Segundo o ministro, deverão voltar ao país cerca de 30 a 40 pessoas. Ao chegarem ao Brasil, elas ficarão em quarentena.
Na entrevista, Onyx defendeu que Anápolis, o local mais cotado até o momento para a quarentena, é viável por já ter abrigado, na década de 1980, isolamento após contaminação com o elemento químico Césio em Goiânia, cidade vizinha. “Há uma sinalização muito forte para Anápolis, porque no período do Césio, lá atrás, foi uma área militar que trabalhou com essa coisa do isolamento, que é importante para não permitir eventualmente um escape de vírus. Eles já têm uma bagagem nessa área, mas não há nada definido”, disse o ministro, acrescentando que as possibilidades estão sendo analisadas pel Ministério da Defesa.
Lorenzoni estimou que o retorno dos brasileiros deve acontecer até o fim da semana e explicou que paradas técnicas do avião que vai trazê-los serão feitas em Israel.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 × 1 =