Conecte-se conosco

Brasil

Conflitos na Amazônia afetaram mais de 100 mil famílias, mostra ferramenta da Agência Pública e da Comissão Pastoral da Terra

O mapa interativo é um compilado de informações dos relatórios “Conflitos do Campo no Brasil“, feitos anualmente pela Pastoral do Campo.

A Força Nacional atua no combate ao desmatamento na Amazônia desde 2017.(Foto Mario Vilela Funai)

Conflitos na Amazônia afetaram cerca de 100 mil famílias e deixaram mais de duas mil vítimas nos últimos dez anos. A informação é de uma ferramenta de dados inédita que será lançada nesta quarta-feira (27/4) pela Agência Pública e a Comissão Pastoral da Terra.

O mapa interativo é um compilado de informações dos relatórios “Conflitos do Campo no Brasil“, feitos anualmente pela Pastoral do Campo. Na ferramenta é possível encontrar análises inéditas dos dados publicados desde 2011, como por exemplo como os conflitos no campo se relacionam com desmatamento, queimadas, mineração, outorgas de água, agrotóxicos, violência e desigualdade.

A ferramenta conta com visualização de dados em português, inglês e espanhol e permite o download da base de dados para auxiliar jornalistas e pesquisadores a elaborarem estudos e reportagens. O mapa foi pensado para aproximar o tema de pessoas que não têm tanta familiaridade com os conflitos na Amazônia.

O mapa faz parte do Amazônia Sem Lei, projeto especial da Agência Pública que desde 2019 investiga a violência fundiária na Amazônia e no cerrado. No site especial, também é possível encontrar a animação “Os conflitos de terras em 5 minutos”, narrada por Itamar Vieira Júnior, ganhador do Jabuti de 2020 com o livro “Torto arado”.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quinze + dezessete =