Conecte-se conosco

Brasil

Brasil registra 60.091 novos casos e 1.262 mortes por Covid-19 nesta quinta-feira (13/08)

A quantidade de pessoas infectadas confirmadas hoje foi a terceira maior desde o início da pandemia com maior número diário; no dia 22 de julho, foram 67.860 casos e no dia 29 de julho, 69.074.

O balanço diário do Ministério da Saúde sobre a pandemia do novo coronavírus, divulgado hoje (13), trouxe 1.262 mortes e 60.091 casos de Covid-19 registrados nas últimas 24 horas pelas secretarias estaduais de saúde. Foi o terceiro dia desde o início da pandemia com maior número diário de novas pessoas infectadas. No dia 22 de julho, foram 67.860 casos e no dia 29 de julho, 69.074. As informações são da Agência Brasil.

Com os números de hoje, a soma de óbitos em função da pandemia chegou a 105.463. Ontem (12), o painel do ministério trazia 104.201. Ainda há 3.411 mortes em investigação. No boletim divulgado ontem, os dados por semana epidemiológica apontaram a manutenção da estabilidade nas mortes, com oscilação de 3% para baixo.

Já os casos acumulados totalizam 3.224.876. Ontem, o balanço do Ministério da Saúde marcava 3.164.785 pessoas infectadas desde o início da pandemia. De acordo com o boletim epidemiológico, a curva de casos também segue em estabilização, com oscilação de 3% para baixo na última semana epidemiológica.

Até o momento, 2.356.640 pessoas se recuperaram da Covid-19. Atualmente há 762.773 pacientes em acompanhamento. Os estados com mais mortes por Covid-19 são: São Paulo (26.324), Rio de Janeiro (14.412), Ceará (8.088) e Pará (5.917). Já os estados com menos óbitos são Tocantins (493), Roraima (561), Mato Grosso do Sul (570), Acre (574) e Amapá (609).

No mundo 

O Brasil ocupa o segundo lugar no ranking de mortes e casos pela Covid-19, perdendo apenas para os Estados Unidos, que teve 5.236.599 pessoas infectadas e 166.77 vítimas fatais até o momento conforme o mapa da Universidade Johns Hopkins, levantamento de referência mundial.

Quando considerada a proporção populacional, o Brasil cai para a oitava posição na incidência da doença (casos por 1 milhão de habitantes) e cai para nona posição na mortalidade (óbitos por Covid-19 por 1 milhão de habitantes),  segundo dados mais atualizados do boletim epidemiológico do Ministério da Saúde anunciado ontem.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + três =

Need Help? Chat with us