Conecte-se conosco

Brasil

Auxílio Brasil de julho, ainda de R$ 400 e sem vale-gás, começa a ser pago na próxima segunda-feira

Em junho, 18,1 milhões de famílias foram atendidas pelo programa.

Fila para inscrição e atualização do Cadastro Único do governo federal em Bangu. (Foto: Fabiano Rocha / Agência O Globo)

Os beneficiários do Auxílio Brasil começarão a receber a parcela referente a julho na próxima segunda-feira, dia 18, de acordo com o final do Número de Inscrição Social (NIS). No primeiro dia, o benefício será liberado para quem tem NIS 1. Os pagamentos vão ocorrer até o dia 29.

Em junho, 18,1 milhões de famílias foram atendidas pelo programa. Agora em julho, não há previsão de depósito do auxílio-gás aos contemplados. O pagamento é feito a cada dois meses, e houve depósito de R$ 53 em junho (metade do valor médio de um botijão de 13kg no país).

O valor do Auxíio Brasil, no entanto, deve continuar em R$ 400. Isso porque, mesmo que a PEC Eleitoral seja aprovada na Câmara dos Deputados nesta semana, não haverá tempo hábil para o pagamento extra de R$ 200 entrar na folha deste mês. Uma fonte governamental disse ao EXTRA que, se aprovado, o valor — que deve ser pago somente até dezembro — deverá ser creditado em setembro, mês anterior às eleições.

Como consultar o valor?

A consulta pode ser feita pelo aplicativo do programa Auxílio Brasil, disponível para celulares com os sistemas Android e iOS, além do app Caixa Tem.

É importante destacar que o valor depositado fica disponível para saque por 120 dias após a data indicada no calendário. Os beneficiários devem conferir no extrato de pagamento a “Mensagem Auxílio Brasil”, com o valor do benefício. Caso não aconteça o saque do valor neste prazo, o dinheiro volta para a União.

O governo tem canais de atendimento para esclarecer dúvidas: pelo número 121 do Ministério da Cidadania; pelo número 111 e ainda pelo aplicativo do programa.

Procurado, o Ministério da Cidadania não confirmou o valor do auxílio de julho e o número de pessoas contempladas. E afirmou que o vale-gás somente será pago em meses pares.

Quem tem direito

O Auxílio Brasil é destinado a famílias em situação de extrema pobreza. Famílias em situação de pobreza também podem receber, desde que tenham, entre seus integrantes, gestantes ou pessoas com menos de 21 anos.

As famílias em situação de extrema pobreza são aquelas que têm renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até R$ 105. Aquelas em situação de pobreza têm renda mensal individual entre R$ 105,01 e R$ 210.

Pelas regras do programa, as famílias que tiverem aumento da renda mensal acima do valor estipulado para o perfil do programa, de R$ 210 por pessoa, e que apresentem em sua composição crianças, jovens de até 21 anos ou gestantes, poderão permanecer no Auxílio Brasil por até 24 meses, sem que o benefício seja cancelado em razão dessa elevação, desde o crescimento da renda não ultrapasse o valor de R$ 525 por pessoa.

Confira o calendário
Final do NIS Dia

1 ……………….18

2 ……………….19

3 ………………20

4 ……………….21

5 ………………22

6 ……………….25

7 ………………26

8……………… 27

9 ……………..28

0 …………….29

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

13 − 10 =