Conecte-se conosco

Amazonas

Telhado do refeitório do HPS João Lúcio tem vazamento e deputado ironiza: “São os R$ 16 milhões do contribuinte”

O vazamento ocorreu durante chuva no final de semana. O hospital passou por reforma recente na estrutura.

Hospital e Pronto socorro Dr. João Lúcio. (Foto:Divulgação)

A chuva no último domingo (13) provocou um vazamento no refeitório da unidade hospitalar do hospital e pronto-socorro João Lúcio, zona Norte, como consequência de lixo acumulado no telhado. A situação que coloca em risco o funcionamento da unidade hospitalar foi denunciada durante a sessão ordinária na Casa Legislativa, nesta terça-feira,15/3, pelo deputado estadual Wilker Barreto.

O parlamentar afirmou que o problema estrutural contrasta com os investimentos anunciados pelo Governo, como o projeto de reforma do hospital que já custou mais de R$ 16 milhões aos cofres públicos.

No plenário, Wilker apresentou um vídeo gravado nas dependências do HPS João Lúcio, onde as imagens mostram o momento que a água da chuva cai por meio de vários buracos do teto do refeitório da unidade de saúde, causando alagamento no local. O deputado relembrou que o hospital passou por reforma entre 2020 e 2021, onde já foram pagos R$ 16,7 milhões em investimentos, mas que não refletem na situação da unidade.

“São R$ 16 milhões do contribuinte que foram gastos numa reforma de telhado, e não é a primeira vez que isso acontece no João Lúcio. Isso é dinheiro do contribuinte, não é trocado não. Seria cômico se não fosse trágico, pensei até que fosse uma nova forma de desinfetar o hospital”, disse Barreto, em tom de ironia.

Diante disso, o parlamentar voltou a cobrar a convocação do secretário estadual de saúde, Anoar Samad, ao Parlamento estadual para prestar esclarecimentos acerca das problemáticas na saúde do Estado, como salários defasados de profissionais da saúde, atraso salarial, direitos trabalhistas não garantidos pelo Governo do Amazonas e a possibilidade de greve nos hospitais, entre outras situações.

“É a terceira semana que o secretário de saúde não vem a esta Casa, mas para receber medalha na última segunda-feira a portas fechadas, ele soube encontrar o endereço da Assembleia Legislativa, ele vem todo arrumado. Nós precisamos apreciar e já estou pedindo à deputada Mayara, presidente da Comissão de Saúde, para que possamos apreciar a convocação deste secretário”, cobrou.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três + três =