Conecte-se conosco

Amazonas

Prefeitura diz que Aniversário de 352 de Manaus terá mais de 40 artistas em 22 horas de festa no sambódromo

O acesso às festividades será mediante agendamento pelo Portal da Cultura (cultura.am.gov.br), limitado a três mil pessoas por noite.

A Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos de Manaus (Manauscult) informou que vai realizar, nos dias 22, 23 e 24/10, a partir das 18h, no Centro de Convenções de Manaus (sambódromo), no Dom Pedro I, zona Oeste, o Aniversário de 352 de Manaus. A programação, que conta com a volta do “Boi Manaus”, terá 22 horas de duração e contará com mais de 40 artistas locais, além de homenagens aos agentes de saúde, de inumação e funerários.

O acesso às festividades será mediante agendamento pelo Portal da Cultura (cultura.am.gov.br), limitado a três mil pessoas por noite, sendo maiores de 12 anos de idade. É necessário estar com o esquema vacinal completo com as duas doses ou dose única contra a Covid-19, e ainda apresentação obrigatória de teste apontando negativo para a doença, para aqueles que tomaram a vacina há menos de 15 dias até a data do evento comemorativo.

A programação, que contempla ritmos variados, do gospel ao tradicional boi-bumbá, contará com mais de 40 artistas se revezando em dois palcos: o Rio Negro e o Rio Solimões, totalizando 22 horas de diversão, somando os três dias da festa.

Boi Manaus

Em sua 23ª edição, o Boi Manaus receberá nomes como David Assayag, Sebastião Júnior, Israel Paulain, Arlindo Neto, Márcia Siqueira, Klinger Júnior, Prince do Caprichoso, Carlos Batata, Boi-Bumbá Corre-Campo, Boi-Bumbá Garanhão, Boi-Bumbá Brilhante, entre outros.

Nesta edição, após reunião com os artistas de toadas, ficou acordado que seria considerada a programação da última vez em que foi realizado o “Boi Manaus”, em 2019. Nos três dias, a festa terá início às 18h.

A abertura do primeiro dia de evento será com os artistas do “The Voice”, Davi Lucas, seguido por Raylla Araújo e Izabelle Ribeiro. Depois, a música gospel ganha o palco com a apresentação de bandas do segmento artístico.

Ainda no dia 22 acontecerá uma homenagem aos profissionais que atuaram na linha de frente no combate à pandemia da Covid-19, e os agentes de saúde, de inumação e funerários são destaque.

Na virada do dia 23 para o dia 24, data do aniversário de Manaus, será cantado os parabéns à cidade nas vozes de Sebastião Júnior, Márcia Siqueira, Prince do Caprichoso e Mara Lima, com queima de fogos e bolo cenográfico.

Prevenção e cuidados

O local do evento conta com estrutura suficiente para manter o distanciamento necessário e seguir todos os protocolos apontados pelos órgãos de saúde. Não será permitida a entrada de pessoas sem comprovação do esquema vacinal completo, tão pouco sem o teste apontando negativo para a doença, nos casos de aplicação da segunda dose com menos de 15 dias.

Outras atividades

No pacote artístico-cultural em comemoração aos 352 anos de Manaus, o público também pode conferir a mostra indígena “Meu Povo”, que conta com pesquisa e curadoria do doutor em antropologia cultural João Paulo Barreto Tukano e da artista plástica, Monik Ventilari, e tem por objetivo resgatar a história e costumes de nossos ancestrais, por meio da exposição de artesanatos, cestarias, quadros, esculturas orgânicas e objetos entalhados.

Ela está aberta à visitação de segunda a sexta, das 9h às 16h, no Centro Cultural Palácio Rio Branco, na avenida 7 de Setembro, Centro Histórico de Manaus. É necessário agendamento prévio pelo site do Concultura (concultura.manaus.am.gov.br).

A programação de aniversário da cidade de Manaus conta ainda com a reabertura de equipamentos culturais, como o Pavilhão Universal, localizado na praça Tenreiro Aranha, Centro, que está abrigando a exposição “Reflexos do Cotidiano”, do artista plástico Arnaldo Garcês. A visita ao local é livre, e acontece de segunda a sexta, das 9h às 17h, até o dia 27 de outubro.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro + vinte =