Conecte-se conosco

Amazonas

Pleno do TJAM escolhe dois juízes para vagas de desembargadores da Corte

Na pauta da sessão do dia 11 de maio, publicada no portal do TJAM, também está prevista a remoção de magistrados entre Comarcas do interior do Amazonas.

Canal do TJAM no YouTube vai transmitir a escolha dos desembargadores. (Foto: Arquivo TJAM)

O Pleno do Tribunal de Justiça do Amazonas realizará na sessão da próxima terça-feira (11/5) a escolha de dois juízes para ocupar as vagas de desembargadores do colegiado, de acordo com os Editais n.º 04 e n.º 05/2021. A escolha dos juízes que ocuparão as vagas para desembargador será online, durante sessão do Pleno, transmitida pelo canal do TJAM no Youtube.

Uma das vagas será preenchida pelo critério de merecimento, aberta após o falecimento do desembargador Aristóteles Lima Thury, em fevereiro deste ano.

Neste processo, estão inscritos dez juízes: Mirza Telma de Oliveira Cunha; Cezar Luiz Bandiera; Henrique Veiga Lima; Cleonice Fernandes de Menezes Trigueiro; Paulo Fernando de Brito Feitoza; Rosselberto Himenes; Abraham Peixoto Campos Filho; Marco Antônio Pinto da Costa; Vicente de Oliveira Rocha Pinheiro e Roberto Santos Taketomi.

A segunda vaga será preenchida seguindo o critério de antiguidade, em decorrência da aposentadoria do desembargador Sabino da Silva Marques, ocorrida no início de março.

Para esta escolha estão inscritos cinco magistrados: Onilza Abreu Gerth; Mirza Telma de Oliveira Cunha; Cleonice Fernandes de Menezes Trigueiro; Rosselberto Himenes e Jaci Cavalcanti Gomes Atanázio.

Remoção no interior

A pauta da mesma sessão também lista processos administrativos para o preenchimento de vagas, pelo processo de remoção, para comarcas do interior do Amazonas, previsto no Edital n.º 05/2020, disponibilizado no Diário da Justiça Eletrônico de 14.02.2020.

Entre as varas ou comarcas listas estão: 1.ª Vara de Iranduba, pelo critério de merecimento; 1.º Juizado Especial Cível e Criminal de Manacapuru, por antiguidade; Comarca de Caapiranga, por merecimento; e 1.º Juizado Especial Cível e Criminal de Itacoatiara, por antiguidade.

Outro processo de remoção em pauta é para a Comarca de Boca do Acre, pelo critério merecimento, conforme o Edital n.º 01/2021.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2019-2021 - 18 Horas - Todos os direitos reservados.
Rede de Rádio Difusão Novidade Técnica LTDA
34.503.722/0001-80