Conecte-se conosco

Amazonas

PF investiga usuários de grupos de aplicativo que compartilham pornografia infantil no Amazonas

A Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão cidade de Manaus e outro em Manacapuru.

Os envolvidos participavam de grupos de WhatsApp e Telegram. (Foto:Divulgação PF)

A participação de pessoas em grupos de aplicativo com conteúdo de pornografia infantil está sendo investigada pela Polícia Federal, no Amazonas. A operação Cyber Moon, deflagrada na manhã desta sexta-feira (25), investiga crimes contrários à dignidade da criança e adolescente praticados através da internet.

De acordo com a PF, os envolvidos participavam de grupos de aplicativo no WhatsApp e Telegram destinados ao compartilhamento de imagens de pornografia e de abuso de crianças e/ou adolescentes.

Na ação, a Polícia Federal cumpriu dois mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara Federal Criminal da SJAM, sendo um na cidade de Manaus e outro em Manacapuru.

O cumprimento dos mandados de busca e apreensão visam identificar os reais usuários das linhas telefônicas utilizadas no crime, bem como colher outros elementos indicativos de autoria e materialidade.

Nesta sexta-feira, a equipe encontrou imagens e vídeos com conteúdo de abuso de crianças e/ou adolescentes, motivo resultou em prisão em flagrante pela prática dos crimes previstos nos Art. 241-A e Art. 241-B da Lei nº 8.069/90 (ECA).

A identidade e quantidade de presos não foram informadas. Se condenados, os investigados poderão cumprir penas de até 10 anos de reclusão.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

sete − 7 =