Conecte-se conosco

Amazonas

Ministério da Justiça determina envio da Força Nacional para combater crime organizado no Amazonas

Reforço irá atuar no combate ao narcotráfico e crimes ambientais na calha do Rio Negro e Solimões, por período de 90 dias.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública autorizou o emprego da Força Nacional de Segurança Pública por 90 dias em apoio ao governo do Estado do Amazonas para a Operação Arpão I (Médio Solimões).

A decisão foi publicada no “Diário Oficial da União” desta sexta-feira (10).

O reforço será usado em ações de combate ao crime organizado, ao narcotráfico e aos crimes ambientais na calha do Rio Negro e Solimões “em atividades e serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, em caráter episódico e planejado, por noventa dias”, segundo o texto do “DOU”.

A Operação Arpão faz menção à base de segurança fluvial instalado pelo governo na região conhecida como “corredor do tráfico” no Amazonas, na altura da cidade de Coari, no médio Solimões.

O texto não cita o desaparecimento do indigenista Bruno Araújo Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips na região de Atalaia do norte desde o início da semana.

O município de Atalaia do Norte fica localizado no extremo oeste do Amazonas, num lugar remoto da selva amazônica marcado por conflitos ligados a invasões em terras indígenas, tráfico de drogas, desmatamento e garimpo ilegal.

A informação é do site g1.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × três =