Conecte-se conosco

Amazonas

MPF abre ação contra União para que Funai não “desacredite trajetória” de desaparecidos no Amazonas

Jornalista Dom Phillips iria fazer entrevistas com indígenas na região e Pereira o acompanhava na realização do trabalho.

Indigenista Bruno Pereira e o jornalista inglês, Dom Phillips, foram mortos em Atalaia do Norte (AM).

O Ministério Público Federal (MPF) entrou com um pedido na Justiça contra a União Federal e a Fundação Nacional do índio (Funai), na noite desta terça-feira (14), solicitando, entre outras demandas, que a Funai “não adote qualquer comportamento que busque desacreditar a trajetória do indigenista Bruno da Cunha Araújo Pereira e do Jornalista Dom Phillips”.

Ambos foram reportados como desaparecidos na região do Vale do Javari, no Amazonas, desde o dia 5 de junho, enquanto faziam o trajeto entre a comunidade ribeirinha São Rafael até Atalaia do Norte.

A ação do MPF também pede que a “nota de esclarecimento da Funai às afirmações inverídicas da Univaja sobre autorização de ingresso em área indígena” (10/06/2022) seja retirada de imediato dos veículos oficiais de mídia da FUNAI”.

Phillips, que é colaborador do jornal britânico “The Guardian”, iria fazer entrevistas com indígenas na região e Pereira o acompanhava na realização do trabalho.

O pedido à Justiça acrescenta que a Funai/Presidência da Funai deve ser abster de qualquer ato que possa ser considerado atentatório a dignidade dos desaparecidos, ou que implique injusta perseguição à União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja) ou aos servidores da Funai lotados na
Coordenação Regional da Funai no Vale do Javari, região onde Bruno e Dom Phillips desapareceram.

“Considerando os riscos à segurança pessoal de todos/as profissionais, que seja determinado o envio imediato de forças de segurança pública específicas para a garantir a integridade física dos servidores da FUNAI e dos povos indígenas em todas as Bases de Proteção do Vale do Javari”, inclui o documento.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

18 + 8 =