Conecte-se conosco

Amazonas

MP-AM denuncia e Justiça manda Governo do Amazonas enviar policiais e viaturas para Beruri

Grupamento da Polícia Militar em Beruri não dispõe de embarcação para a prestação dos serviços de segurança pública e nem de motocicleta.

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM), informou que a Promotoria de Justiça de Beruri, obteve, no último dia 10/11, a concessão de medida liminar que impõe ao Estado do Amazonas a recomposição do efetivo policial que atua no município.

Conforme a decisão, no prazo de 90 das, o Estado deve providenciar a lotação permanente de 11 novos agentes policiais, a fim de que o efetivo do 2º Grupamento Policial Militar atinja o total de 30 policiais militares.

Além disso, de acordo com a decisão, o Estado deve garantir que o 2º Grupamento da Polícia Militar (2° GPM ) de Beruru conte com o mínimo de cinco viaturas, sendo três automóveis e duas motocicletas, aptas para uso e devidamente equipadas, sob pena de multa diária de R$ 500, limitado ao teto de R$ 50 mil.

A Ação Civil Pública do MP-AM decorre de investigação onde foi constatada a insuficiência de veículos, de contingente e de material para a realização de rondas ostensivas e atendimentos de ocorrências da Polícia Militar em Beruri.

Segundo a Promotora de Justiça Tânia Maria Azevedo Feitosa, que está respondendo pela Promotoria de Beruri, embora situado às margens do rio Purus, com acesso aos demais municípios e às comunidades da zona rural apenas por meio fluvial, o 2° GPM não dispõe de embarcação para a prestação dos serviços de segurança pública e nem de motocicleta, o que se afigura “inaceitável em uma cidade em que a maioria dos veículos são motocicletas”.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

14 + 8 =