Conecte-se conosco

Amazonas

Massacre no Amazonas resulta de ‘certo descontrole estatal’, diz ministro Moro

Moro disse que uma das soluções é a transferência dos mandantes dos massacres para presídios federais de segurança máxima; no caso de Manaus, o próprio Moro autorizou a transferência, feita a pedido do governador Wilson Lima.

O ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) afirmou nesta terça-feira (28) que o massacre nas prisões do Amazonas decorre de “certo descontrole estatal”. Entre domingo (26) e segunda (27), conflitos em quatro unidades prisionais deixaram 55 detentos mortos.

“Ali, resulta praticamente do fato de um certo descontrole do poder estatal em relação a essas prisões”, disse o ministro em Lisboa, onde está para um evento sobre corrupção.

Moro prosseguiu: “É a informação que nós temos, de que houve um conflito entre facções criminosas, dentro dos presídios. Isso pode acontecer, em qualquer lugar do mundo. Não deveria. Nós temos a obrigação de tentar controlar esses casos específicos”.

Moro disse que uma das soluções é a transferência dos mandantes dos massacres para presídios federais de segurança máxima; no caso de Manaus, o próprio Moro autorizou a transferência, feita a pedido do governador Wilson Lima.

O Departamento Penitenciário Nacional abriu 20 vagas para presídios federais, afirmou o diretor-geral Fabiano Bordignon.

© 2019-2021 - 18 Horas - Todos os direitos reservados.
Rede de Rádio Difusão Novidade Técnica LTDA
34.503.722/0001-80