Conecte-se conosco

Amazonas

Malha aérea na Região Norte tem 4,5 mil voos no 3º trimestre; Amazonas é o 2º, com 1.388, informa Abear

Juntas, as associadas da Abear —, Abaeté, Baeté, Gol, Latam, Rima e Voepass — devem ofertar 124,8 mil decolagens em todos os estados brasileiros.

Movimentação de aviões comerciais no aeroporto de Brasília.

A malha aérea do terceiro trimestre de 2023 (meses de julho, agosto e setembro) Na Região Norte terá 4,5 mil voos nesta temporada. O Pará terá 1.635 partidas, seguido por Amazonas (1.388), Tocantins (587), Rondônia (235), Acre (309), Amapá (270) e Roraima (168). No País, a malha segue em expansão, com 14% mais voos do que no ano de 2022, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear).

Juntas, as associadas da Abear —, Abaeté, Baeté, Gol, Latam, Rima e Voepass — devem ofertar 124,8 mil decolagens em todos os estados brasileiros. Somente em julho serão 42,7 mil voos. “Nos últimos meses o índice da oferta de voos no mercado doméstico já superou o total pré-pandemia”, afirma a presidente da Abear, Jurema Monteiro.

A malha da Região Sudeste na alta temporada terá mais de 66,9 mil voos de julho a setembro. São Paulo contará com 45.413 partidas, seguido por Rio de Janeiro (13.740), Minas Gerais (5.239) e Espírito Santo (2.510). Os dados são da Abear com base nas informações da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

A alta temporada da Região Sul terá mais de 17 mil. O Paraná contará com 5.990 partidas, seguido por Santa Catarina (5.722) e Rio Grande do Sul (5.299), A Região Centro-Oeste terá mais de 15,7 mil voos entre julho e setembro de 2023, segundo levantamento da Abear. O Distrito Federal contará com 11.333 partidas, seguido por Goiás (2.418), Mato Grosso (1.019) e Mato Grosso do Sul (979).

A malha aérea do Nordeste na alta temporada terá mais de 20,6 mil voos. A Bahia contará com 7.813 partidas, seguida por Ceará (3.628), Pernambuco (3.290), Rio Grande do Norte (1.200), Alagoas (1.263), Maranhão (1.078), Paraíba (935), Sergipe (746) e Piauí (691).

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − seis =