Conecte-se conosco

Amazonas

Governo Wilson Lima serve cabeça de peixe como refeição dos profissionais da saúde, denuncia sindicalista

Graciete Mouzinho relatou problema encontrado no Hospital Dr. João Lúcio, na Zona Leste.

Hospital e Pronto socorro Dr. João Lúcio. (Foto:Divulgação)

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Santas Casas, Entidades Filantrópicas e Religiosas e Estabelecimentos de Saúde do Estado do Amazonas (Sindpriv-AM), Graciete Mouzinho, denunciou nesta quarta-feira (04/05) que os profissionais da saúde lotados no Hospital Dr. João Lúcio, zona leste de Manaus, estão se alimentando de cabeças de peixe.

Graciete Mouzinho informou que há dias os trabalhadores reclamam da comida servida no hospital de referência. Ela contou que mesmo após a troca de empresa de alimentação no local, os trabalhadores seguem com a oferta de péssima alimentação no dia a dia. “Observem a comida dos profissionais do João Lúcio. Mudou de cozinha e o olha que essa cozinha oferece a eles. Só cabeças. Não tem o que comer aí. Isso é um absurdo. Ninguém consegue se alimentar de cabeça de peixe. Toda vez que a gente pensa que as coisas vão melhorar para o trabalhador, é o contrário”, disse a sindicalista em referência ao almoço servido nesta quarta.

Em um áudio que circulou nos grupos de WhatsApp, uma profissional da saúde reitera que a comida servida a eles é de péssima qualidade. “É cabeça de peixe, é comida gordurosa, cheio de carboidrato. Não há comida não tem uma comida para dieta. É amarga a salada, e só oferecem repolho. Eu mesmo levo a minha janta, porque a comida é horrível”, desabafou uma profissional.

Mais denúncia

No dia 24 de fevereiro deste ano, Graciete já havia denunciado que o almoço de acompanhantes de pacientes e profissionais em saúde do Hospital e Pronto-Socorro da Criança da Zona Leste/Joãozinho (HPSCZL) estava sendo servido com mais de 3 horas de atraso. Segundo a dirigente sindical, crianças e funcionários foram submetidos ao atraso na alimentação dentro da unidade de saúde, referência no atendimento infantil.