Conecte-se conosco

Amazonas

Governador Wilson usa crise de segurança como desculpa para fugir da CPI da Pandemia

Wilson Lima disse em nota que não poderia se ausentar do Estado em razão da grande operação de segurança que está em andamento no Amazonas em resposta aos ataques criminosos do último domingo (06)

Governador Wilson Lima fala sobre as estratégias de segurança no Amazonas – Foto: Lucas Silva/Secom

O governador Wilson Lima (PSC) usou a crise de segurança pública instalada no Amazonas desde o último domingo (06/06) como desculpas para não compareceu à CPI da Pandemia do Senado Federal, cujo o depoimento dele estava marcado para esta quinta-feira (10/06). Em nota distribuída à imprensa, Wilson Lima justifica a impossibilidade de se ausentar do Estado neste momento de uma grande ação de segurança pública, para fazer frente aos recentes ataques em série praticados por membros de facção criminosa.

Na noite da quarta-feira (10/06), a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou o governador do Amazonas a não comparecer à CPI da Covid. Pela decisão, Wilson Lima foi autorizado também a ficar em silêncio se fosse a CPI. A defesa de Wilson Lima argumentou que a convocação de um governador é inconstitucional e viola o princípio da separação de poderes.

© 2019-2021 - 18 Horas - Todos os direitos reservados.
Rede de Rádio Difusão Novidade Técnica LTDA
34.503.722/0001-80