Conecte-se conosco

Amazonas

Fabricante de cosméticos com matéria-prima da Amazônia é o Microindustrial do Ano, informa Federação das Indústrias do Amazonas

A marca de cosméticos naturais utiliza matérias-primas orgânicas, 100% naturais, aprovadas e registradas.

O empresário Danniel Pinheiro, 28 anos, mestre em biologia, um dos fundadores da empresa Biozer da Amazônia, vai receber, no próximo dia 27/05, o título de Microindustrial do Ano, em solenidade promovida pelo Sistema Indústria do Amazonas, no Clube do Trabalhador, segundo informações da Federação das Indústrias do Estado (Fieam).

O evento vai homenagear também o Industrial do Ano 2020, Industrial de 2021, Industrial de 2022, a Empresa Exportadora de 2021 e os agraciados com a Medalha do Mérito Industrial Moysés Israel.

A Biozer tem sua história iniciada em 2008 no Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), com o pesquisador Carlos Cleomir de Souza Pinheiro, pai de Danniel, que a idealizou com o objetivo de levar saúde e beleza, ao contribuir para a percepção de bem-estar na vida das pessoas com o uso de produtos essencialmente naturais, seguros e sustentáveis, baseados na biodiversidade amazônica.

A realização de pesquisas e desenvolvimento de tecnologia para trabalhar com produtos extraídos da Amazônia foi o primeiro passo, mas até 2016 não havia resultados palpáveis. Em 2017, Danniel Pinheiro e seu sócio, Domingos Amaral, 49 anos, unindo conhecimento e capital, criam então a primeira marca, a Simbioze Amazônica.

A marca de cosméticos naturais utiliza matérias-primas orgânicas, 100% naturais, aprovadas e registradas. A Biozer da Amazônia é uma startup genuinamente amazônica, referência em bioeconomia no Norte e no Amazonas. Está incubada no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (Cide), desde 2017, onde já passou por duas das quatro fases de incubação: instalação – constituição do empreendimento, instalação e início do desenvolvimento do produto e, crescimento – desenvolvimento técnico e financeiro e início da comercialização do produto.

Dez profissionais atuam nas áreas administrativa, marketing, financeira, produção e no desenvolvimento farmacêutico da Biozer. A empresa trabalha com quase todas as matérias-primas de base florestal amazônica, como a castanha, andiroba, pracaxi, patauá, muru-muru, açaí, cupuaçu e tucumã, itens utilizados na fabricação dos cosméticos, tanto para o skin care, nos cuidados com a pele, quanto para o hair care, linhas para cabelos. O empresário ressalta que o novo desafio é trabalhar com produtos capilares sólidos.

Em paralelo aos cosméticos, a empresa também desenvolve a sua linha de medicamentos fitoterápicos, uma alternativa para melhoria da qualidade de vida das pessoas e assim gerar impacto positivo na região Norte. Tendo em vista, que um dos principais objetivos futuros para os sócios é trabalhar em prol da saúde.

Sem loja física, a Biozer da Amazônia, por meio da marca Simbioze Amazônica, trabalha em Manaus apenas com o varejo direto em farmácias, como Santo Remédio e Bemol Pharma e, supermercados, como Pátio Gourmet e, por meio do e-commerce, em todo o Brasil. A marca já exporta para o Chile, Estados Unidos, Canadá e Israel.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × um =