Conecte-se conosco

Amazonas

Em março, surgiram 357 mil novos negócios no Brasil; no Amazonas, foram mais de 4 mil, segundo Serasa

Microempreendedores individuais são maioria, com 76% de participação. Na região Norte foram aberto 18.831 novos negócios.

Dados mais recentes do Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experian mostram que, em março, foram abertos 357.294 novos negócios em todo país, um recorde para o mês desde o início da série histórica em 2010. Desses, 271.575 foram microempreendedores individuais (MEIs), uma queda de 3,8% no comparativo com o mesmo mês do ano passado. Já o número geral de empresas teve o crescimento positivo em 1,6% quando comparado ao mesmo período de 2021.

No Amazonas, de janeiro a março houve o crescimento de abertura de novas empresas, de acordo com o levantamento da Serasa. Em janeiro foram abertos 3.773 negócios; em março, foram 4.069 novos empreendimentos. Na região Norte dados apontam 18.831 novos negócios.

O destaque, no entanto, foi das Sociedades Limitadas, que saltaram 44,5%, passando de 45.145 em 2021 para 65.220 em 2022. Para o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, os dados mostram que os brasileiros ainda buscam no empreendedorismo uma forma de gerar renda e sobreviver em tempos de crise como o que estamos vivendo. “Ainda temos mais de 11 milhões de desempregados, segundo o IBGE. Então podemos deduzir que grande parte das novas empresas são
abertas por pessoas que precisavam fazer um investimento prático e de baixo custo para começar a empreender e obter retorno financeiro”. Confira no gráfico e tabela abaixo os dados completos:

Serviços foi o setor que mais recebeu novas empresas em março deste ano, com 248.434 negócios, um incremento de 3,4% no comparativo ao mesmo mês de 2021. Em seguida vem o Comércio, com 80.017 novos negócios, e Indústria, com 24.563. Ambos os segmentos registraram quedas respectivas de 2,3% e 7%. Os empreendimentos classificados como ‘Demais’ somaram 4.280, sendo o único segmento com crescimento significativo de 32,1%.

Na análise por região, a Sudeste obteve o maior destaque, com 177.874 negócios criados. Em ordem decrescente estão a Sul (66.800), Nordeste (59.218), Centro-Oeste (34.571) e Norte (18.831).

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 + dez =