Conecte-se conosco

Amazonas

Deputado do AM diz que líder de Bolsonaro demonstrou “ignorância” sobre Amazônia

Deputada Joice Hallsemann (PSL), líder do governo no Congresso Nacional, esteve na sexta-feira no Amazonas para sobrevoar o Estado e “comprovar que não existem queimadas”.

O deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM) distribuiu nota, na manhã deste sábado, com críticas à deputada federal Joice Hallsemann (PSL), líder do governo no Congresso Nacional, que esteve na sexta-feira no Amazonas para sobrevoar o Estado para “comprovar que não existem queimadas”. Segundo ele, a decisão da deputada, de voar de Manaus a Tefé, “demonstrou a total e absoluta ignorância em relação ao problema”.

Na nota, Ramos diz que “as queimadas ocorrem com mais gravidade no Sul do Amazonas em municípios como Apuí, Humaitá e Lábrea, além do Estado de Rondônia. “É por essa incapacidade de compreender a Região Amazônica que o governo central e seus aliados erram tanto no diagnóstico e no enfrentamento à questão ambiental na região. A deputada Joice poderia ter economizado esse dinheiro e ouvido gente que conhece a região”, disse o deputado.

Joice Hasselmann (PSL) sobrevoou a cidade de Tefé na sexta-feira e disse ter encontrado três focos pequenos de incêndio. “Vim aqui para mostrar que a Amazônia não está em chamas”, disse, em entrevista coletiva, em Manaus, a 680 quilômetros do Sul do estado, onde ocorrem a maioria dos focos incêndios. A deputada afirmou que o que mudou não foi a quantidade de queimadas comparado aos anos anteriores mas o presidente, que é de direita, e isso despertou interesse em governos internacionais alinhados à centro-esquerda para defender trabalhos em prol da Amazônia.

A visita de Hasselmann foi a convite do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico de Manaus (Codese Manaus), cujo vice-presidente é Romero Reis, empresário que, nos bastidores, disputa a vaga no PSL para ser candidato à Prefeitura de Manaus, em 2020. De acordo com o jornal A Crítica, Hasselmann jantou na casa do prefeito Arthur Neto (PSDB), na noite de sexta-feira.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

11 − sete =