Conecte-se conosco

Amazonas

Deputado anuncia que vai divulgar nomes de ruas do ‘Asfalta Manaus’ para população fiscalizar

Wilker Barreto disse que “a quantidade de ruas informadas no documento da UGPE não condiz com as mais de ‘mil ruas’ divulgadas nas propagandas institucionais dos poderes estadual e municipal”.

O deputado estadual Wilker Barreto (Cidadania) anunciou nesta terça-feira (12/07), durante sessão ordinária da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE), que vai fiscalizar o programa ‘Asfalta Manaus’ junto à população. O parlamentar informou que divulgará a lista com o nome de 803 ruas que foram contempladas pelo serviço, para que o cidadão também possa verificar ou denunciar a execução do programa, oriundo de convênio firmado entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Manaus, e que, segundo ele, já custou aos cofres públicos R$ 150 milhões.

Em seu pronunciamento na tribuna, Wilker disse que o intuito da ação é dar transparência ao programa, tendo em vista que a Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), responsável pela execução do serviço, encaminhou ao parlamentar uma lista de 803 ruas contempladas pelo ‘Asfalta Manaus I’, mas “a quantidade de ruas informadas no documento da UGPE não condiz com as mais de ‘mil ruas’ divulgadas nas propagandas institucionais dos poderes estadual e municipal”.

“Vou disponibilizar nas minhas redes sociais a lista das 803 ruas para que a sociedade veja lá e depois diga se sua rua foi realmente asfaltada. Eu recebi a duras penas o relatório com duzentas ruas a menos e a propaganda do governo e prefeitura falam mais de mil ruas. Estamos falando de R$ 150 milhões já aportados pelo Estado, o que a gente quer é a transparência”, afirmou Barreto.

O deputado informou que enviará, ainda nesta terça-feira, a relação nominal das ruas para os vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM). O deputado destacou que a ação resulta das inúmeras mensagens que recebe sobre a falta do asfaltamento, e pesquisa de campo realizada por uma equipe de seu gabinete. Ele quer que a participação da população aumente o mapeamento.

Ainda em tribuna, o deputado aproveitou para pedir uma atenção maior dos órgãos de controle do Estado sobre o andamento do programa, firmado através dos Convênios nº 002/2021 e nº 003/2021 celebrado entre o Governo através da Unidade Gestora de Projetos Especiais – UGPE e a Prefeitura, nos valores de R$ 100 milhões e R$ 50 milhões, respectivamente. “Quero já alertar aos órgãos de controle, o Tribunal de Contas, o Ministério Público, o documento oficial da UGPE já tem uma defasagem em relação aos dados oficiais, são mais de 200 ruas a menos”, disse.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezenove − nove =