Conecte-se conosco
Publicidade

Amazonas

Após constatar deterioração, MPAM pede manutenção urgente de viaduto na Avenida Mário Ypiranga

Promotor visitou o local acompanhado de engenheiro. Prefeitura terá dez dias para fornecer informações sobre condições e cronograma de serviços preventivos

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) informou que a Prefeitura de Manaus será oficiada para prestar esclarecimentos sobre a situação do viaduto Ayrton Senna, localizado na Avenida Mário Ypiranga, zona centro-sul de Manaus. Em vistoria realizada no local, ontem (13), o órgão constatou deterioração da junta de dilatação e pediu manutenção em caráter de urgência “para evitar um mal maior no futuro”.

Acompanhado de engenheiro do Núcleo de Apoio Técnico (NAT) do Ministério Público do Amazona, o promotor Paulo Stélio avaliou as condições do viaduto e verificou que existe uma rachadura que estava apenas sendo disfarçada com asfalto. A vistoria constatou a deterioração da junta de dilatação, além da exposição da ferragem da plataforma de concreto do viaduto.

“De fato, estamos vendo que há um problema na junta de dilatação, só que não há manutenção. Você percebe aqui que, simplesmente, jogaram asfalto em cima sem tratar a junta de vedação. Eu penso que a Prefeitura tenha que, em caráter de urgência, dar a manutenção devida para evitar um mal maior no futuro”, disse o promotor.

De acordo com o MPAM, obras de manutenção e reforma devem ser realizadas imediatamente pelo perigo iminente para quem transita pelo local, que concentra um grande fluxo de veículos diariamente.

O promotor determinou que a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) seja oficiada para que se manifeste sobre o assunto em até dias, indicando se as patologias indicadas comprometem a segurança do viaduto, se houve manutenção preventiva no local, se há cronograma de manutenção preventiva para os viadutos e pontes de Manaus e, se houver, que seja encaminhado ao MPAM.

‘Comum’

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) informou nesta sexta-feira, 14, que a rachadura no viaduto Ayrton Senna, na Av. Mário Ypiranga, não apresenta riscos e que se trata de uma “abertura comum na junta de dilatação do equipamento em concreto”.



Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × cinco =