Conecte-se conosco

Amazonas

Amazonino se manifesta sobre a crise na saúde do Amazonas: ‘Deus nos guarde e nos proteja’

Ex-governador disse, em vídeo postado no Facebook, que cada notícia que ouve da morte de alguém no Estado tem a sensação de que poderia ser evitada.

O ex-governador do Amazonas, Amazonino Mendes, se manifestou, nesta sexta-feira, em suas redes sociais, sobre o agravamento da crise na saúde do Amazonas. Ele disse que cada notícia que ouve da morte de alguém no Estado tem a sensação de que poderia ser evitada. “Essa é a questão. Estamos vivendo momentos cruciais, horrorosos… tenebrosos”, diz ele, em vídeo postado em sua página no Facebook.

Amazonino lembrou que o Papa Francisco orou pelas pessoas que sofrem com a pandemia de Covid-19 no Amazonas.

“O que será de todos nós no futuro, dos negócios, do comércio, da vida em Manaus? No nosso Amazonas? Não há uma notícia positiva… A imprensa nacional lamenta… como é constrangedor. A que ponto nós chegamos. O que está havendo conosco? Não há mais compromisso sério, honesto nas administrações. Parece que se ganha uma eleição com mentiras e se aliando com pessoas que só querem explorar o Estado, o recurso público. Isso é pior do que a pandemia. Isso é a sinalização clara da nossa derrota, da nossa derrocada”, disse.

O ex-governador deu uma mensagem de esperança: “Vamos nos recompor, vamos começar a pensar. É fundamental”. Comparou a situação a uma árvore caída ao sabor incerto da correnteza de um rio. E pediu: “que Deus nos guarde e nos proteja pois estamos à deriva”.

Veja o vídeo neste link.

https://www.facebook.com/watch/?v=865381477558311

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 × dois =