Conecte-se conosco

Amazonas

Amazonas tem mais 975 infectados e ultrapassa 110 mil casos de Covid-19

A FVS-AM confirmou também que o Estado registrou um óbito pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando para 3.436 o total de mortes.

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) divulgou, nesta sexta-feira (14), a edição nº 134 do Boletim Diário Covid-19. Nesta edição, o boletim confirmou mais 975 casos da doença no Estado, totalizando 110.777 casos confirmados no Amazonas até hoje, sendo 39.037 de Manaus (35,24%) e 71.740 do interior (64,76%). Também foi registrado um óbito por Covid-19 ocorrido nas últimas 24 horas em Manaus, elevando para 3.436 o total de mortes.

Na capital, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus, na última quinta-feira (13), foram registrados 33 sepultamentos e seis óbitos. A FVS-AM ainda confirmou a recuperação de mais 813 amazonenses de ontem para hoje, chegando a 93.911 o número de pessoas que passaram pelo período de quarentena (14 dias) e se recuperaram da doença.

O boletim apontou ainda que 13.411 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas, ou seja, são casos confirmados nos últimos 14 dias, que se encontram internados ou em isolamento domiciliar.

Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 181 pacientes internados, sendo 111 em leitos clínicos (12 na rede privada e 99 na rede pública) e 70 em UTI (29 na rede privada e 41 na rede pública).

Há ainda outros 66 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 49 estão em leitos clínicos (25 na rede privada e 24 na rede pública) e 17 estão em UTI (12 na rede privada e cinco na rede pública).

E conforme os números consolidados pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam), nesta quinta-feira (13/08), a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid era de 25,9%. Em relação aos leitos clínicos Covid, a taxa de ocupação estava em 25,3%. Nesta edição, nove municípios não atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados do boletim: Anori, Apuí, Carauari, Juruá, Manicoré, Maués, Pauini, Tapauá e Tonantins.

Municípios

Além da capital, os 61 municípios têm casos confirmados: Coari (6.774); Parintins (3.691); São Gabriel da Cachoeira (3.602); Manacapuru (3.500); Tefé (3.327); Humaitá (2.642); Barcelos (2.179); Lábrea (2.083); Itacoatiara (2.023); Presidente Figueiredo (1.913); Santa Isabel do Rio Negro (1.858); Tabatinga (1.721); Iranduba (1.686); Eirunepé (1.657); Benjamin Constant (1.533); Rio Preto da Eva (1.249); Maués (1.233); Careiro (1.222); Alvarães (1.201); São Paulo de Olivença (1.216);  Autazes (1.196); Manicoré (1.167); Ipixuna (1.166); Santo Antônio do Içá (1.161); Pauini (1.079); Boca do Acre (1.001); Tapauá (960); Carauari (861); Guajará (856); Atalaia do Norte (828);  Nova Olinda do Norte (823); Barreirinha (803); Fonte Boa (752); Urucurituba (735); Anori (715); Borba (683); Novo Aripuanã (666); Uarini (643); Beruri (713); Anamã (614); Itapiranga (601); Nhamundá (558); Tonantins (553); Amaturá (551); Itamarati (542); Urucará (532); São Sebastião do Uatumã (513); Juruá (473); Manaquiri (451); Maraã (422); Japurá (405); Canutama (349); Jutaí (329); Boa Vista do Ramos (305); Novo Airão (306); Caapiranga (269); Silves (249); Codajás (207); Careiro da Várzea (142); Apuí (126) e Envira (125).

Óbitos

Entre pacientes em Manaus, há o registro de 2.108 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. Destes, um deles ocorrido nas últimas 24 horas. No interior, são 58 municípios com óbitos confirmados até o momento. Permanece um total de 1.324, uma vez que não houve registro de óbitos nas últimas 24 horas. A lista inclui Manacapuru (140); Coari (105); Parintins (105); Tefé (84); Tabatinga (79); Humaitá (6513); Itacoatiara (61); São Gabriel da Cachoeira (49); Iranduba (46); Autazes (36); Benjamin Constant (35); Maués (33); Lábrea (27);  Barcelos (24);  Nova Olinda do Norte (24); São Paulo de Olivença (23); Presidente Figueiredo (23);  Borba (22); Santo Antônio do Içá (20); Fonte Boa (18); Careiro (17);  Jutaí (16); Rio Preto da Eva (16); Tonantins (14); Alvarães (13); Santa Isabel do Rio Negro (12);  Manaquiri (12); Guajará (11); Anori (11); Boca do Acre (11); Novo Aripuanã (11); Barreirinha (11); Uarini (9); Nhamundá (9); Amaturá (8); Carauari (8); Beruri (8); Juruá (7); Novo Airão (7); Itapiranga (6); Caapiranga (6); Urucará (6); Eirunepé (5); Tapauá (5); Silves (5); Itamarati (5); Careiro da Várzea (4); Pauini (4); Atalaia do Norte (4); Urucurituba (4); Maraã (4); Codajás (3); Ipixuna (3);  Boa Vista do Ramos (2); São Sebastião do Uatumã (2); Japurá (1) e Envira (1). Permanecem sem óbitos registrados: Anamã, Apuí e Canutama.

Reclassificação

O Comitê Interno da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas e a Secretaria Municipal de Saúde de Manaus estão realizando o processo de revisão e qualificação dos óbitos ocorridos em meses anteriores, com base nos novos critérios do Guia de Vigilância Epidemiológica do Ministério da Saúde, que passou a considerar óbitos por Covid-19 também por critérios clínicos e exames de imagens.

Nesta edição, foram reclassificados 19 óbitos antigos, sendo 15 de Manaus e quatro das seguintes cidades do interior: Iranduba (02), São Paulo de Olivença (01) e Humaitá (01), totalizando 3.455 óbitos por Covid-19 no Amazonas. É importante salientar que os novos critérios de encerramento de óbitos por Covid-19 elevam os dados gerais, mas não refletem o momento atual, pois tratam-se de óbitos em investigação que ocorreram no pico da pandemia e que agora, serão incluídos na contagem geral do Amazonas.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − dezessete =

Need Help? Chat with us