Conecte-se conosco

Amazonas

Amazonas Mais Seguro: Iranduba é a cidade com maior número de homicídios do interior em 2022

De acordo com dados preliminares da SSP, Iranduba contabilizou no primeiro trimestre 15 homicídios

Cidade de Iranduba – Foto: Reprodução/Google

Iranduba (a 23 quilômetros de Manaus) foi o município mais violento do interior do Amazonas no primeiro trimestre de 2022, mesmo com o programa milionário do Governo Wilson Lima, o Amazonas Mais Seguro. De acordo com os dados preliminares da Secretaria de Segurança Pública (SSP), a cidade irandubense registrou de janeiro a março deste ano o total de 15 homicídios.

O dado significa um aumento de 114,29% no número de mortes por armas de fogo ou branca se comparado com o primeiro trimestre de 2021, que contabilizou apenas 7 homicídios no município. Se o dado for comparado com o primeiro trimestre de 2020, Iranduba contabilizou em 2022 um aumento de 400% no número de assassinatos. Já em 2019, o município somou 5 homicídios nos primeiros três daquele ano.


Para se ter uma ideia da onda de violência que incide em Iranduba, a cidade teve cinco homicídios a mais, nos primeiros três meses deste ano, que a cidade de Tabatinga, na região fronteiriça do Brasil com a Colômbia e o Peru, conhecida pela rota internacional de tráfico de drogas e armas. Tabatinga somou até o momento, 10 assassinatos em 2022.

De acordo com o painel de dados da SSP, em 2022, foram registrados nas cidades do interior do Amazonas o total de 83 homicídios. Como os dados são preliminares, os números ainda podem aumentar, de acordo com a revisão que poderá ser feita pelas autoridades policiais.

Amazonas Mais Seguro

Mesmo após o programa “Amazonas Mais Seguro”, lançado em julho do ano passado pelo governador Wilson Lima (UB), com investimentos de R$ 280 milhões que incluem a implantação de um sistema de câmeras inteligentes e concurso público para as forças de segurança com 2.525 vagas, a violência assola a cidade de Iranduba. Segundo o governo, entre julho e dezembro de 2021, as forças de segurança do Amazonas receberam mais de R$ 98 milhões em investimentos por meio do programa.

Apesar do programa, o Amazonas se tornou em 2021 o estado brasileiro em que mais cresceram os registros de crimes violentos por 100 mil habitantes, com o aumento de 54% nas ocorrências superando o índice nacional. O aumento de casos foi registrado no ano de 2021, em comparação com 2020, de acordo com dados divulgados pelo Monitor de Violência, elaborado pelo site G1, com informações fornecidas pelas instituições oficiais de segurança pública dos estados do Brasil.

Clique para comentar

Faça um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

sete + 3 =